Dicas para se dar bem nos estudos online

shutterstock_268450487
por Kristen Hicks – Blackboard

Certa vez alguns educadores já recusaram a ideia de educação online. Como aulas em um computador poderiam trazer o mesmo benefício para os alunos que as com um professor? Como a tecnologia tem melhorado e as mais conceituadas instituições de ensino têm adotado a aprendizagem online ao longo dos últimos anos, muitas das primeiras críticas têm se mostrado um desafio.

Mais de um terço de todos os estudantes do ensino superior tem pelo menos um de seus cursos online, e mais de 12% estão matriculados exclusivamente em cursos online. Ou seja, estudantes, professores e faculdades estão se acostumando à ideia de educação a distância.

Apesar disso, alguns alunos podem ter dificuldades em estudar em casa, mas apresentamos algumas dicas aqui:

1. Seja exigente com o curso que escolher

Se você quer ser um aluno bem sucedido, a decisão mais importante a tomar é escolher uma boa escola. Os relatórios universitários online podem ajudar, mas complementá-los com suas pesquisas é bom para se certificar de que a escolha é a mais apropriada.

2. Ter a tecnologia certa

Um computador antigo ou que tenha uma conexão lenta com a internet, pode ter impacto na sua educação online. Desistências são comuns em cursos online quando qualquer dificuldade se torna uma barreira em seu caminho para a graduação – até mesmo algo que possa parecer pequeno como um computador desatualizado. Você também precisa verificar os requisitos técnicos específicos do programa online que você escolher para ter certeza de obter todo o software ou as ferramentas que eles recomendam. Isso fará a diferença e será um bom investimento.

3. Seja organizado em sua rotina

Pode parecer fácil, mas estudar em casa todos os dias é um desafio significativo, especialmente se você está tentando conciliar as aulas com a sua rotina. É preciso elaborar um sistema que garanta que você cumpra as tarefas: pode ser determinar prazos rigorosos ou criar horários de estudo. Também é interessante encontrar um colega ou parceiro que estimule o seu estudo.

4. Descubra quais hábitos de estudo funcionam para você

Assim como na última dica, isso exige bastante treinamento. Preste atenção a que tipos de trabalho e “sistemas de aprendizagem” funcionam para você: ouvir palestras, ler livros, anotar o conteúdo… Identificar o estilo de estudo que lhe dá os melhores resultados vai otimizar seu tempo. Também é importante descobrir onde você pode estudar sem distrações. Se estudar em casa significa lidar com crianças, familiares ou mais tarefas, que tal ir a uma biblioteca? Se estudar no meio da tarde faz com que você se distraia com outras atividades, você pode estudar a noite. Trate isso como um trabalho e informe as pessoas a sua volta para que tratem da mesma forma.

5. Colabore com outros estudantes

Muitas faculdades oferecem ferramentas que incentivam a colaboração entre os alunos online, mas os alunos também podem criar grupos de estudo ou espaços online para se comunicarem entre si. Tenha em mente a importância da interação com outros estudantes: além da troca de conteúdo, podem ser ótimos contatos profissionais.

6. Esteja disposto a pedir ajuda

A maioria das faculdades se esforçam para dar o apoio necessário aos alunos. Se você está tendo dificuldades, fale com o professor. Se precisar de ajuda para além do que seu professor pode fornecer, veja as outras opções oferecidas. Ajudar os alunos a aprender é a meta nº 1 de cada faculdade e todas possuem uma estrutura para garantir que esse objetivo seja alcançado. Lembre-se: se você está tendo problemas, peça ajuda!

7. Faça pausas

Cuide para manter as metas e os prazos, mas não se sinta culpado por precisar fazer uma pausa – e nem ver isso como um “bônus”, isto é uma necessidade. Ter uma pausa de vez em quando vai te ajudar a ficar mais focado no resto do tempo. É interessante até mesmo colocar este tempo em sua rotina ou definir um alarme para se certificar de que você não vai esquecer de descansar.

O sucesso do aluno depende da existência de bons professores e cursos. Mas a maior parte depende dele mesmo. Se você descobrir um sistema de estudo que funciona e cumpri-lo, você terá sucesso como um estudante online. É importante perceber que, se estudar em casa é muito difícil para você, você pode ser alguém que se encaixe melhor em aulas presenciais. Esteja disposto a mudar se isso for melhor para você!

Conheça os cursos de pós-graduação e MBA online do Unasp Campus Virtual e faça a sua inscrição. As aulas começam dia 15 de Março, então não perca essa oportunidade. Clique aqui!

Qual é a diferença entre uma pós-graduação lato sensu e stricto sensu?

Na hora de escolher um curso de pós-graduação algumas dúvidas podem surgir. Por exemplo: Qual é a diferença entre uma pós lato sensu de uma stricto sensu?

É muito simples.

Lato Sensu significa “em sentido amplo” e compreende os cursos de pós-graduação voltados para alguma especialização. Isso significa que você só poderá cursar uma pós lato sensu após a conclusão de alguma graduação, independente da área. Normalmente quem escolhe esse tipo de pós é o profissional que já está no mercado de trabalho e que busca aperfeiçoar seus conhecimentos. De acordo com o MEC a pós em lato sensu são programas de especialização e incluem os cursos designados como MBA. E ao final do curso o aluno recebe um certificado.

Já a pós em Stricto Sensu significa “em sentido limitado” e abrange os cursos de mestrado e doutorado. Assim como na Lato Sensu, é obrigatório que você tenha concluído um curso de graduação. Normalmente, os alunos que optam por fazer um mestrado e um doutorado, são aqueles que desejam seguir uma carreira acadêmica, seja dando aulas, atuando em pesquisas ou projetos. E ao final do curso o aluno recebe um diploma.

O UNASP Campus Virtual oferece cursos de pós graduação a distância em diversas áreas. Através dos nossos cursos você estudará em um ambiente virtual com ferramentas projetadas para maximizar a colaboração e a construção do conhecimento. Tudo isso com a facilidade de estudar pela internet, de qualquer lugar do Brasil. Venha conhecer nossos cursos e propostas. Estamos esperando por você!

Nova plataforma de acesso online do Unasp Campus Virtual

6_Moodlerooms_tcm21-508

O Unasp está sempre buscando maneiras de aperfeiçoar os cursos e a experiência online, tanto dos alunos a distância quanto dos alunos presenciais. Com o objetivo de aprimorar a qualidade de ensino, a moderna plataforma MoodleRooms foi contratada para ser o novo sistema de acesso online do Campus Virtual, sendo também explorada pelos demais campi, suplementando diversas disciplinas nas áreas de graduação e pós-graduação.

De acordo com o Gerente de Produção do Unasp Campus Virtual, Walter Quiaper, o sistema oferece funcionalidades que os professores já conheciam no antigo Moodle, mas agora possuindo maior capacidade e modernidade. “A ferramenta pode facilitar o trabalho no ambiente virtual com a grande quantidade de relatórios que podemos extrair, como comparativos sobre a eficiência de tipos diferentes de atividades, participações no fórum, alertas para alunos que estão ausentes do ambiente por certa quantidade de dias, relatórios de notas diferenciados e muito mais. Assim podemos gerenciar a interação dos nossos alunos com o ambiente virtual e adaptar para que o aluno tenha a melhor forma possível de aprendizagem”.

O ambiente já foi montado pela equipe do virtual de cada campi, que já importaram o conteúdo do Moodle anterior, dando aos professores a possibilidade de criar o conteúdo de suas disciplinas na maneira que desejarem.

O sistema também possui um visual mais atrativo, além de proporcionar uma interação mais intuitiva aos alunos no que eles realmente gostariam de fazer, como por exemplo: acessar as atividades, notas e contato com os responsáveis. A interação à distância entre alunos e professores através de um sistema de última geração irá colaborar com a qualidade no aprendizado.

Conheça os cursos de pós-graduação e extensão do Unasp Campus Virtual.

Campus Virtual prepara o melhor conteúdo para seus alunos

Provavelmente muitos já saibam que o Unasp Campus Virtual adotou uma nova plataforma de acesso online, o MoodleRooms. Um moderno sistema que irá facilitar o acesso dos alunos e a interação com professores, tutores e atividades. Mas será isso o suficiente para garantir aos alunos virtuais o melhor aprendizado? Não!

Por isso o Unasp Campus Virtual tem preparado muito além de apenas uma moderna plataforma. Ideias e conteúdos dinâmicos, atrativos e de qualidade farão parte do dia à dia de estudos, proporcionando resultados fantásticos através do ensino a distância. Essa é a missão da instituição para esse ano de 2016, elevando o conhecimento de cada aluno à uma qualidade máxima.

tidal-desktop-app

“Além do privilégio de termos em nossa equipe, desde setembro de 2015, o principal nome em Designer Educacional do país, a autora de livros de EaD, Andrea Filatro, temos realizado parcerias com as melhores empresas que trabalham com a educação a distância. Como o MoodleRooms e a Minha Biblioteca. Essa última é uma das mais amplas bibliotecas virtuais do Brasil, o que irá disponibilizar aos nossos alunos uma vasta bibliografia virtual”, diz Andressa Oliveira, Gerente Acadêmica do Campus Virtual.

Andrea Filatro, Coordenadora de Design Instrucional e um dos principais nomes ligados ao EaD no país, revela que a primeira coisa a ser feita para melhorar a qualidade do conteúdo do EaD é selecionar os melhores professores, sendo eles as fontes de informação que irão oferecer o subsídio mais atualizado, mais preciso e mais validado, técnica e cientificamente. “Em segundo, é trabalhar esse conteúdo para que ele funcione bem em diferentes mídias, pois sabemos que hoje em dia não é apenas texto. Nós trabalhamos com vídeos, áudios, animação e infográficos. Esse trabalho de transformar o subsídio que um autor ou que um professor nos entrega de maneira bruta para chegar em um formato adequado a cada mídia, é um esforço que temos feito no sentido de possibilitar a melhor solução educacional para o aluno”.

A expectativa para o ano de 2016 avançar sempre na produção de conteúdos ainda mais ricos e mais centrados no aluno. Sendo também mais diversificados e ao mesmo tempo mais integrados sobre guarda-chuvas temáticos. “Esse é o sentido pelo qual temos trabalhado hoje. Queremos perseguir a mesma qualidade do que é oferecido no presencial e ir além ainda com as possiblidades que as mídias e as tecnologias oferecem”, finaliza Andrea.

Unir conteúdo e profissionais de qualidade em uma moderna plataforma. Isso o Unasp Campus Virtual sabe fazer muito bem!

Aproveite para conhecer os nossos cursos de pós-graduação e extensão.

6 tendências na educação para 2016

2016

As mudanças na educação continuam avançando rapidamente. No mundo e no Brasil.

A Revolução Digital, as novas formas de trabalho e as necessidades da geração digital estão nos forçando a reformular, a ajustar e a criar novas maneiras de ensinar e de aprender.

Este movimento é só o começo de uma grande reformulação na educação em todo o mundo.

O Playground da Inovação reuniu aqui 6 tendências em educação para 2016:

1 – Ensino Híbrido e Uso de Tecnologias mais avançadas

As formas offline de ensino andarão cada vez mais de mãos dadas com as novas tecnologias que surgem a todo momento. Serviços de nuvem, realidade aumentada, Internet das Coisas, aprendizado através do celular“Traga o seu próprio aparelho” (BYOD- Bring your own device), tecnologias vestíveis, criação de blogs pelos alunos e produção de vídeo são alguns exemplos das inúmeras maneiras como a internet e as novas tecnologias permearão o cotidiano dos alunos e professores dentro e fora da escola.

O Google Expeditions Pioneer Program é um exemplo claro de como a tecnologia pode ampliar os horizontes de aprendizado nas escolas. Através do Google Cardboard, uma espécie de óculos de papelão onde se encaixa um celular, é possível baixar aplicativos que nos proporcionam experiências incríveis como uma viagem à Marte ou ao fundo do mar. Algumas escolas aqui no Brasil já começarão a utilizar este recurso este ano.

No futuro próximo a tecnologia estará totalmente embrenhada e invisível em nosso cotidiano. Por isso, a novas gerações precisarão entender melhor como funciona a lógica computacional. Iniciativas voltadas para o ensino de programação nas escolas estão crescendo em ritmo rápido com o objetivo de formar cidadãos mais independentes, com maior pensamento crítico e capazes de lidar com os desafios tecnológicos dos próximos tempos.

Para saber mais sobre Tecnologia na Educação leia o material feito pelo site Porvir.

2 – Competências para o século 21

Que habilidades são necessárias para lidar com a vida e com o mercado de trabalho? Como enfrentar tantas transformações no mundo? Estas perguntas têm desafiado pais, professores e empregadores de todo o mundo. Um conjunto de capacidades que engloba resolução de problemas, flexibilidade, tomada de decisão, gestão das emoções, empatia, colaboração, entre outras, é fundamental para navegar no mundo de hoje e será cada vez mais indispensável no futuro.

Por isso, o tema das habilidades socioemocionais ou competências para o século 21 está ganhando um lugar especial em vários programas e políticas educacionais desde a educação infantil até a educação corporativa. Países como Estados Unidos, Canadá e Finlândia merecem destaque nesta área.

Para saber mais sobre este assunto e conhecer iniciativas ao redor do mundo acesse o infográfico “As Gerações Digitais e a vida no século 21″ do Playground da Inovação e o Especial Socioemocionais feito pelo Porvir.

3 – Formatos de ensino mais integrados com a realidade do mundo

Ensino focado em serviços, Ensino baseado em problemasEnsino baseado em projetos são maneiras que favorecem uma maior integração entre os conteúdos ensinados em sala de aula com os problemas reais vivenciados pelas comunidades. Temas centrais são utilizados para ensinar as matérias do currículo tradicional de um jeito integrado. Estas estratégias de ensino, cada uma com a sua característica, aproximam o cotidiano da escola com o mundo atual, desenvolvem competências para o século 21, promovem um senso maior de comunidade e cidadania, criam maior consciência sustentável, além de trazerem mais sentido para a experiência de aprender.

Um exemplo bem bacana de ensino baseado em serviço é a escola Montpelier High School nos Estados Unidos. Um dos objetivos é desenvolver um projeto voltado para sustentabilidade e produção de alimentos. Conheça melhor esta inciativa no vídeo abaixo do site Edutopia (em inglês):

4 – Aprendizado mais divertido

Gamificação, uso de jogos de tabuleiros, de jogos digitais e de ambientes mais lúdicos são abordagens mais divertidas e que têm se mostrado muito eficientes para engajar os alunos e os professores.

Cresce também a consciência da necessidade de brincar como ferramenta poderosa de aprendizagem e de criatividade. Não só na educação infantil, mas principalmente em outras fases da vida. Empresas, universidades e escolas com grande foco em inovação têm usado abordagens mais lúdicas como recursos para geração de ideias, para criação de novos produtos e serviços e para resolver problemas complexos. Por exemplo, o MIT criou uma iniciativa chamada Lifelong Kindergarten ( “Jardim da Infância para toda a vida”) para facilitar a criação de tecnologias através do brincar e para estimular a criatividade das pessoas.

5 – Movimento Maker

Atividades “mão na massa” com foco na fabricação de objetos e produtos viraram moda e vieram para ficar. Conhecidos como Fab Labs– os espaços especialmente criados para estas atividades contém impressoras 3D, kits de robótica, máquinas de corte a laser entre outros materiais e estão pipocando em vários países. Escolas como a PlayMaker em Los Angeles e empresas como a Renault têm investido nestes ambientes apostando na inovação e na eficácia do ensino.

6 – Ensino Personalizado

Enxergar o aluno como um indivíduo com limites e talentos únicos não é uma visão nova mas agora ela se torna mais possível através do uso de tecnologias que personalizam o ensino de forma muito precisa e eficaz. As plataformas adaptativas de ensino, já utilizadas em várias escolas do mundo e em alguns colégios aqui no Brasil, proporcionam um feedback constante do aprendizado do estudante e serão cada vez mais difundidas e experimentadas nas escolas em 2016. Entenda melhor sobre este tema e conheça iniciativas relevantes nesta área no post atualizado “Educação sob medida: personalizando o ensino”.

Fontes: OECD, EdSurge, Edutopia, Mindshift, ARedeEduca, Porvir, Playground da Inovação.

escrito por Fernanda Furia do site playground-inovacao.com.br

Conheça também os cursos a distância do Unasp Campus Virtual. Clique aqui!

O próximo passo: Saiba como escolher um curso de pós-graduação ideal para sua carreira

1

Logo após a conclusão de um curso de graduação é comum pensar em qual será o próximo passo em relação aos estudos. Dar uma pausa na vida acadêmica, ou investir em uma pós? Mestrado, doutorado, MBA, especializações. O que não falta são opções de cursos.

Hoje em dia é preciso levar em consideração as exigências do mercado de trabalho. Atualmente a procura por profissionais com alta qualificação tem aumentando de maneira surpreendente. Imagine a competição. Há milhares de pessoas disputando poucas vagas, não adianta apenas o esforço ou vontade de trabalhar, é preciso mostrar que você é um candidato forte para disputar o cargo dos seus sonhos. Fazer uma pós é importante para:

– Enriquecer o currículo com uma experiência de peso

– É um excelente canal para o desenvolvimento de networking, aumento da rede de contatos

– Superar desafios

– Ampliar conhecimentos

– Corrigir a rota profissional

– Aperfeiçoamento em uma área específica

– Reavaliação de conceitos

Esses são apenas alguns dos benefícios da pós-graduação. Se você tem vontade de crescer e pensa em aperfeiçoar a sua carreira o nosso conselho é, faça uma pós o quanto antes.

Agora, talvez, a pergunta seja outra: Como escolher uma pós graduação ideal para a minha carreira?

Essa não é uma das escolhas mais fáceis, até porque você está lidando com o seu futuro, e ainda por cima com investimento financeiro. Mas não se preocupe, também não chega a ser uma escolha tão complicada. Basta fazer algumas avaliações.

1-) DE OLHO NO ALVO: Qual é seu objetivo profissional? Avalie o que você construiu até agora na sua carreira. Onde você quer chegar? Como você imagina a sua vida profissional no futuro? O que o seu segmento, no mercado de trabalho, está exigindo dos profissionais? Estabeleça um alvo, esse um bom começo.

2-) MESTRADO, DOUTORADO, MBA e ESPECIALIZAÇÕES: Se você quer trabalhar no meio acadêmico, mestrado e doutorado são as opções mais indicadas; se a sua ideia é ir para o mercado então a melhor opção são MBA ou especializações. Claro que essas regras não absolutas.

3-) BUSQUE INFORMAÇÕES: Pesquise, leia muito sobre o assunto, converse com outros profissionais e, principalmente, com pessoas que fazem ou já fizeram a pós-graduação que você gostaria de cursar. Ouvir a opinião dos outros poderá te ajudar muito na hora de escolher sua pós.

4-) AVALIE A INSTITUIÇÃO: É muito importante ingressar em uma instituição de confiança e qualidade. Há uma série de critérios para fazer essa avaliação. A primeira, e uma das mais importante, é a regularização e o status do curso no Ministério da Educação (MEC). Essa regularização depende da modalidade: lato sensu ou stricto sensu. Avaliar a estrutura e a infraestrutura da instituição de ensino e sua reputação no mercado, são outros bons indicadores de qualidade. Avalie os pontos fortes da instituição como também as limitações. Entre em contato com a secretaria, essa é uma ótima maneira para ter uma noção da instituição.

5-) LEVE EM CONSIDERAÇÃO O INVESTIMENTO: Investir em educação é importante, mas infelizmente nem todos os valores dos cursos correspondem ao nosso salário. É importante investir em qualidade, mas não pense que apenas cursos caros são bons. Há muitas instituições de confiança e qualidade que oferecem cursos de pós com preços bem atrativos.

Aqui no UNASP oferecemos cursos de pós-graduação em diversas áreas: em educação, saúde, comunicação, administração, ciências exatas, entre outras. Os cursos são ministrados tanto em modo presencial, como também a distância. Ideal para todos os estilos de vida e necessidades. Ficou interessado(a)? Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre a nossa instituição e cursos. 

Indicação de livros EAD – Educação on line: conceitos, metodologias, ferramentas e aplicações.

20120401-161429

Organizado em torno de quatro grandes eixos temáticos – Conceitos, Metodologias, Ferramentas e Aplicações – este livro destina-se a professores e profissionais (ou futuros profissionais) ligados às atividades de ensino e aprendizagem e tem como principal objetivo sensibilizar para o grande desafio que a educação on-line coloca ao possibilitar a criação de cenários de aprendizagem inovadores onde professor e aluno são co-autores na construção do conhecimento.

O conceito de educação on-line, muitas vezes usado como sinônimo de educação a distância, refere uma realidade mais abrangente que engloba a utilização dos recursos disponíveis na Internet para a distribuição de conhecimento ou de um programa educativo tanto na forma presencial como a distância, e ainda a combinação destas duas modalidades.

O uso desta ferramenta oferece um leque de recursos muito diversificados para os professores permitindo uma aproximação maior com os alunos quebrando assim as barreiras físicas da sala de aula. Além disso, utilizar recursos da Internet enriquece as práticas pedagógicas e aumenta as fontes de informação possíveis para uma disciplina, uma vez que o aluno poderá acessar um conjunto muito vasto de recursos multimídia (som, texto, imagem, vídeo, animação etc.).

Os catorze artigos publicados neste livro são o resultado das pesquisas de autores portugueses e brasileiros e visam contribuir para alargar o conhecimento sobre esta temática, divulgar experiências e boas práticas bem como promover uma reflexão sobre as vantagens e constrangimentos que a implementação destas metodologias necessariamente colocam a nível pedagógico, tecnológico e organizacional.

Uma ótima opção de leitura para professores e alunos do curso de Gestão em EAD e Tutoria Online e Tecnologias Educacionais e Docência

Livro disponível no site da editora CRV.

Fonte: ABED 

I Campeonato Quadricampi de Tênis de Mesa do UNASP

No dia 4 de Outubro o Campus Virtual estará promovendo o primeiro evento esportivo envolvendo os 4 campi do UNASP. O campeonato que ocorrerá das 8 às 18h no Campus Hortolândia, espera contar com a presença de mais de 100 alunos, envolvendo estudantes do ensino fundamental, médio e superior de cada campus.

“O objetivo é a integração entre todos os campi da instituição em um evento de desenvolvimento físico, mental e social. Aqui os alunos irão conhecer e interagir com alunos de outros campi, compreendendo a grandeza da família UNASP”, explica Walter Quiaper, um dos organizadores do campeonato.

O Quadricampi de tênis de mesa envolverá alunos e alunas divididos nas categorias Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Superior, além da modalidade de Duplas tendo 2 duplas de cada campus tanto no masculino quanto no feminino. “Teremos os melhores jogadores na modalidade dentro de seus campi, então a expectativa é de bons jogos com um nível equilibrado”, concluí Quiaper.

Podem participar do campeonato apenas alunos atualmente matriculados em um dos 4 campi do UNASP.

Para conhecer o regulamento, clique aqui. Para se manter informado sobre o campeonato, acesse o facebook.

10333523_1169619033065232_5073711994771049378_o

 

Recrutadores quebram resistência contra graduação online

Why-You-Should-Use-a-Recruiter-to-Find-Your-Next-Finance-ExecutiveOs novos profissionais que acabaram de chegar aos cargos de gestão de recursos humanos têm visão positiva sobre quem fez ou cursa faculdades a distância

Segundo relata o jornal Folha de São Paulo, a chegada da geração Y aos cargos de gestão de recursos humanos é boa notícia para quem fez ou cursa faculdades a distância.

De acordo com dez consultores de carreiras entrevistados pela publicação, o preconceito com a graduação online cai à medida que nascidos desde a década de 80 e mais acostumados a recursos tecnológicos se tornam responsáveis pelas contratações nas empresas.

“Graduados a distância já são vistos como maduros e bons gestores de tempo, capazes de se automotivar”, afirma Jorge Martins, gerente da consultoria Robert Half. Os aperfeiçoamentos da tecnologia e dos mecanismos de avaliação também têm parte na mudança de visão.

“O Enade [exame aplicado a concluintes do ensino superior] analisa os alunos, e não o método”, diz Lúcia Almeida, da consultoria MSA RH. “Se os alunos a distância forem bem avaliados, as faculdades também serão”, diz.

Até mesmo a eventual falta de uma rede de contatos profissionais — que, em geral, é criada na faculdade convencional — é vista como lacuna contornável. “Muito do networking já não é ao vivo. Pense nas suas discussões. Quantas delas, por computador, não são mais profundas do que as presenciais?”, diz Guilherme Ferreira, da Repense.

“Em um país desse tamanho, com falta de mão de obra especializada em muitos setores, não há como virar as costas para tanta gente”, diz Juliano Balarotti, sócio da consultoria Asap.

Única federal com graduação a distância avaliada com nota máxima pelo MEC, a Ufla (Universidade Federal de Lavras) oferece educação a distância desde 2006. Ronei Martins, coordenador pedagógico da universidade, considera que algumas instituições de ensino alimentam o preconceito. “As faculdades pagas só falam de facilidade de se matricular e de preços nos anúncios. Precisam falar também da qualidade do conteúdo”, diz Martins. “Faculdade a distância não é moleza.”

Sara Rodrigues, 25, concorda. Aluna de veterinária da Ufla, cursou de modo paralelo administração pública, via computador, na mesma universidade. “Curso a distância requer responsabilidade. O conteúdo está lá, os tutores ajudam, mas o aprofundamento depende de você”, diz.

por napratica.org – O texto completo pode ser lido em Folha de São Paulo 

Conheça os cursos em EAD do UNASP

Já comentamos aqui no blog um pouco mais sobre os benefícios da Educação a Distância, para ler é só clicar aqui. E hoje vamos falar sobre os nossos cursos que já estão à sua disposição no Campus Virtual.

1-) Métodos e Técnicas de Ensino

2-) Pós Graduação em Tecnologias Educacionais e Docência

3-) MBA Gestão Financeira

4-) MBA Gestão do Terceiro Setor

5-) MBA Gestão de Pessoas por Competência

Gostou das nossas opções? Então clique aqui para entender melhor como funciona a dinâmica dos cursos, as matérias, tempo de duração, disciplinas, etc. Aproveite também para ingressar na próxima turma e venha fazer sua pós no UNASP! Estamos te esperando.