6 filmes que vão te inspirar a sair da zona de conforto

shutterstock_161192453

Às vezes é preciso fazer algumas mudanças na nossa vida. Desde mudanças simples como mudar os móveis de lugar, escolher um novo corte de cabelo ou escolher uma nova rota de caminho até o trabalho. Até mudanças mais radicais como mudar de país, escolher uma nova carreira ou mudar seu estilo de vida. Não importa qual seja a sua escolha, sair da zona de conforto é necessário e extremamente benéfico para a nossa saúde mental.

Imagina só, passar a sua vida inteira fazendo as mesmas coisas, tendo a mesma linha de pensamento, olhando para as pessoas da mesma maneira. Soa meio monótono né? Não sei quanto a você, mas nós aqui desse lado achamos que mudar é preciso para progredirmos e aprendermos mais.

Para dar uma mãozinha nesse processo, separamos seis filmes que vão te inspirar a tomar coragem para perseguir seus sonhos e sair do mesmice.

1- A vida Secreta de Walter Mitty

A história: Walter Mitty trabalha no departamento de arquivo e revelação de fotografia de uma famosa e tradicional revista. Ele é um homem tímido que leva uma vida simples e monótona. Só que Walter é um grande sonhador, que vive imaginando como as coisas seriam diferentes se ele tomasse algumas decisões mais arriscadas. Sua vida começa a mudar quando ele recebe um pacote com negativos de um importante fotógrafo, e percebe que está faltando justa a foto escolhida para ser a capa da última edição da revista. À partir de então Walter é obrigado a embarcar em uma grande aventura e descobrir que ele pode ser o homem que sempre sonhou.

Inspira a… pararmos de sonhar e começarmos a viver. Walter passou boa parte da sua vida apenas idealizando os momentos, ao invés de vive-los ela apenas imaginava como poderia ser se eles fizesse algo de diferente. Nós temos que aprender a enfrentar o desconhecido e saber que as situações só mudam quando tomamos coragem de enfrenta-las.

2- Histórias Cruzadas

A história: Nos anos 60, no Mississippi, Skeeter uma jovem recém formada em jornalismo retorna para a sua cidade natal determinada a se tornar uma escritora. Quando percebe o preconceito dos brancos com os negros ela decidi escrever um livro sobre as mulheres negras da cidade, que dedicaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter fazia parte. Aibileen, a empregada da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, vão mudando a realidade da cidade.

Inspira a… ter coragem para iniciar projetos novos, apesar das críticas. Skeeter não recebeu apoio da família, Aibileen recebeu ameaças, mas as duas tinham uma meta, escrever um livro e foi nisso que focaram. Não importa a torcida contra, às vezes precisamos fingir que somos surdos e persistir em nossos objetivos.

3- Uma Lição de Vida

A história: Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Kimani Maruge, um queniano que com 84 anos está determinado a entrar na escola para aprender a ler. Ele enfrentará muitos problemas e preconceitos por ser o único idoso aluno em uma escola primária. Mas uma professora irá ajuda-lo a realizar o sonho de aprender a ler, e juntos vão aprender grandes lições.

Inspira a… perceber que nunca é tarde para aprender algo novo. Não importa a idade. Você ainda pode continuar os estudos e aprender novas funções. A idade não é um um empecilho para aprender.

4- Soul Surfer: Coragem de Viver

A história: Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Bethany Hamilton, uma surfista talentosa ce om um futuro promissor. Após perder o seu braço devido a um ataque de tubarão ela vê todos os seus sonhos desmoronarem. Encorajada por sua família e amigos ela se recusa a desistir do surf. Depois de muito treino ela volta ao mundo das competições determinada a vencer.

Inspira a…  a lidar com as adversidades da vida. Uma perda ou uma mudança drástica, pode parecer assustador, mas se encararmos da maneira certa vamos encontrar forças para enfrentar os problemas e torna-los em oportunidades.

5- Julie & Julia

A história: Um filme baseado em duas histórias reais. Julia Child é uma americana que passou a morar em Paris devido ao trabalho de seu marido, Paul. Em busca de uma ocupação, ela se interessa por culinária francesa. Sem nunca ter cozinhado Julia decidi aprender os segredos dos maravilhosos pratos franceses. O projeto dá tão certo que ela publica um livro e passa a ter um programa de TV. Cinquenta anos depois, Julia Powell, está prestes a completar 30 anos e se sente frustada com a vida que leva. Em busca de um objetivo, ela resolve escrever um blog relatando suas experiências sobre o projeto de passar um ano cozinhando as 524 receitas do livro de Julia Child.

Inspira a… encontrar a nossa verdadeira paixão. Tanto Julia quanto Julie descobrem na culinária um meio para mudar suas rotinas monótonas. Tudo que precisamos é encontrar a nossa verdadeira paixão para adquirir autoconfiança e disciplina para concluir nossos projetos.

6- Um Senhor Estagiário

A história: Jules Ostin é a criadora de um bem-sucedido site de venda de roupas. Ela leva uma vida bastante atarefada, devido às exigências do cargo. Quando a sua empresa inicia um projeto de contratar idosos como estagiários, em uma tentativa de coloca-los de volta ao mercado de trabalho, cabe a ela treinar o viúvo Ben Whittaker. Aos 70 anos, Ben leva uma vida pacata e vê o estágio como uma oportunidade de se reinventar. Apesar das diferenças e do inevitável choque de gerações, ele logo conquista os colegas e se torna amigo de Jules.

Inspira a… se reinventar. Não importa a idade ou ocupação, todos nós podemos recomeçar a nossa trajetória profissional, se assim desejarmos.

Filmes inspiradores para quem está querendo empreender em um novo negócio

shutterstock_184981157

Os filmes não servem apenas para entreter, muitos deles são uma grande motivação e fonte de ideias para o espectador. Muitos deles trazem mensagens que podem ser aproveitadas por empreendedores em busca de motivação. Empreender é um desafio que requer muita força de vontade e persistência. Para dar uma força aos futuros empreendedores selecionamos alguns títulos de filmes baseados em fatos reais com mensagens muito importantes e relevantes para quem está no processo de criar uma empresa.

Olha só!

1- À Procura da Felicidade

Baseado em uma história real, À Procura da Felicidade conta a história de Chris Gardner que enfrenta muitas dificuldades financeiras, vendendo aparelhos médicos que ninguém quer comprar por serem muito caros. Gardner torna-se obstinado pela sobrevivência e sustento de sua família. Ele consegue uma vaga de estagiário numa importante corretora de ações, mas não recebe remuneração pelos serviços prestados, porém, persiste, pois acredita que poderá ser futuramente contratado. A mulher o abandona e ele é obrigado a tomar conta sozinho do filho de apenas cinco anos de idade, além de acabar ir morando na rua. Em meio a tantos problemas ele não desiste dos seus sonhos e encontra uma forma de tornar-los em realidade.

Esse filme é a dose necessária de coragem que um empreendedor precisa ter para começar um negócio. A mensagem é clara, desistir não é uma opção!

filme-a-procura-da-felicidade

2- Joy: O Nome do Sucesso 

Inspirado em uma história real, o filme mostra a emocionante jornada de uma mulher que é extremamente determinada a manter sua família unida em face da aparentemente insuperável probabilidade. Motivada pela necessidade, engenhosidade e pelo sonho de uma vida, Joy triunfa como a fundadora e matriarca de um bilionário império, transformando sua vida e a de sua família. 

Esse filme mostra como as ideias são importantes para um empreendedor. É preciso dedicar-se à criação e aperfeiçoamento dos produtos e serviços do empreendimento.

joy-uk-quad-teaser-poster-jennifer-lawrence-slice

3- Walt Antes do Mickey

Baseado na história real de Walt Disney esse filme mostra o trajeto do grande animador que decidiu ter uma empresa própria, que lhe permitisse trabalhar no que gostasse. Só que o processo não é fácil, durante muito tempo ele enfrenta diversos obstáculos até ter a grande ideia de sua vida: um pequeno rato chamado Mickey Mouse.

A grande lição desse filme é sobre ter determinação e sempre buscar novas ideias. Um dia, a grande ideia, aquela que vai mudar a sua vida, vai aparecer.

walt-before-disney

4- O Homem Que Mudou o Jogo

Baseado numa história real, esse filme narra a trajetória de Billy Beane, o gerente geral do time Oakland A’s e o responsável pela montagem da equipe. Forçado a reinventar sua equipe com um orçamento apertado, Beane terá que ser mais esperto que os clubes mais ricos. A equipe que antigamente contava com atletas estudantes da Ivy League, faz uma parceria improvável, recrutando jogadores e barganhando com rejeitados, todos eles com uma mínima habilidade para chegar à base, marcar pontos e ganhar jogos. Beane desafia as tradições da velha escola e faz uma revolução nos campos.

Ao abrir uma empresa é importante estar atento ao orçamento, que costuma ser apertado. Essa história vai te inspirar a buscar alternativas pouco comuns para chegar ao sucesso sem gastar demais.

o-homem-que-mudou-o-jogo

Animação ácida chama atenção ao consumo desenfreado da humanidade

steve-cutts5

Todos os seres existentes do planeta possuem características específicas que permitem que eles sobrevivam no ambiente e em meio às diversas adversidades. Há animais rápidos, venenosos, fortes, grandes e outras características que se encaixam como pontos fortes na cadeia alimentar e de sobrevivência. Se formos parar para pensar, nós humanos não somos os mais fortes ou mais bem preparados para enfrentar a natureza – mas, por outro lado nós temos um cérebro mais desenvolvido do que os outros animais. Por um lado isso é muito bom, porque graças à nossa inteligência podemos sobreviver com conforto e fazer grandes avanços, mas por outro muitas vezes nos julgamos superiores aos outros seres vivos, dando a nós mesmos o direito de explorar, matar e dominar aquilo que na verdade merecia respeito e cuidado.

“Man” é um curta de 2012 que mostra o que o ser humano está fazendo com as espécies existentes na terra, e como estamos simplesmente focando nossos interesses e comodidade. Apesar da duração de apenas quatro minutos o curta faz sátiras bem debochadas, e até fortes, sobre a temática. Dá até vergonha de acompanhar a destruição desenfreada do meio ambiente durante séculos!

“Man” é uma animação muito bem feita, com um roteiro pontual que levanta várias questões e reflexões sobre qual será o futuro da nossa raça se continuarmos assim. Além, de levantar reflexões sobre o respeito com outros seres com quem também compartilharmos nosso planeta.

Vale à pena assistir!

Documentários inspiradores para assistir na Netflix

shutterstock_393295255

1- Living on One Dollar

Já imaginou como seria viver com menos de um dólar por dia? Atualmente mais de 1,1 bilhão de pessoas vivem com essa verba. Foi pensando nisso que alguns estudantes americanos foram viver durante 56 dias na Guatemala para experimentar como seria ter menos um dólar por dia para sanar todas as suas necessidades como alimento, moradia, saúde e outras necessidades básicas. A experiência rendeu um documentário que mostra como muitas pessoas vivem nessa situação e as dificuldades que passam. Muito mais que um documentário que registra uma realidade triste e de extrema diferença social, Living on One Dollar nos ajuda a repensar sobre nossas prioridades, como consumimos, nossa relação com dinheiro e com o nosso próximo.

 

2- No Impact Man

Uma família seria capaz de fazer algo para diminuir o impacto negativo no meio ambiente? O documentário No Impact Man mostra a história de uma família que decidiu por um ano diminui o seu impacto na natureza tomando as atitudes de reduzir o seu consumo e produção de lixo. Esse documentário vai muito além daquelas pequenas iniciativas para poupar o meio ambiente, No Impact Man mostra uma total mudança no estilo de vida. Engraçado, corajoso e reflexivo, esse documentário vai te ajudar a repensar certas atitudes.

3- Happy – Você é Feliz?

Happy é um documentário que explora a felicidade humana através de entrevistas com pessoas de todas as classes sociais, com as mais diversas histórias e experiências em quatorze países diferentes. O resultados são as descobertas mais recentes da psicologia positiva e uma ideia sobre a verdadeira felicidade.

 

4- Maidentrip

Esse documentário conta a história de Laura Dekker que com apenas 14 anos de idade deu volta ao mundo a bordo de um veleiro, e completamente sozinha! A viagem durou 519 dias, Laura percorreu 43.452km e se tornou a pessoa mais jovem do mundo a realizar esse tipo de viagem. Muito mais do que documentário sobre o espírito de aventura, Maidentrip também mostra como é importante ter coragem para realizar sonhos, não importa o quanto os outros digam que é loucura. Não basta sonhar, é preciso enfrentar os obstáculos e realizar.

5- Girl Rising

Milhões de meninas ao redor do mundo não possuem o direito de estudar, são dadas em casamento ainda crianças e convivem com a opressão cultural e familiar. Será que elas conseguem mudar essa realidade? O documentário Girl Rising mostra que sim, é possível mudar o mundo à sua volta. O documentário conta a história de nove meninas sem acesso à educação e que fazem de tudo para conquistar este direito. Inspirador e emocionante, Girl Rising mostra o poder da educação.

7 livros para continuar viajando, mesmo depois das férias.

livrounasp

As férias acabaram e está na hora de voltar à rotina de estudos e trabalhos. Por um lado isso é positivo se pararmos para pensar em quantas coisas novas vamos aprender, desafios para superar e metas que vamos buscar atingir para chegar mais perto dos nossos objetivos e sonhos. Por outro lado, sempre vamos ter aquela saudades das férias, das viagens e momentos de aventuras. Mas não se desanime, apesar de a realidade chamar ainda é possível continuar viajando, mesmo com a correria do cotidiano.

Há quem diga que os livros são uma passagem para diversos universos. Que é possível viajar para muitos lugares através das páginas de um livro, e nós concordamos com isso. Os livros possuem essa característica de levar os leitores para lugares diferentes sem a necessidade de fazer as malas. Principalmente se os títulos em questão possuem temas de viagens. Além de entreter, eles ensinam muitas lições e inspiram mudanças na nossa vida.

Então já sabe, quando bater aquela vontade de viajar e não for possível largar os compromissos há uma solução razoavelmente simples. E para ajudar na escolha fizemos uma lista com sete livros que falam sobre viagens e aventuras. É só escolher um título e boa viagem! 🙂

1. Aventura Missionária 

livro1

Um ideal missionário pode custar uma vida, mas vale uma eternidade. Com este lema em mente, Davi e Ângela Tavares trabalharam durante oito anos na Amazônia e depois em diversas partes do Brasil. Então partiram para a África em busca de seu grande sonho missionário. No continente africano viveram incríveis aventuras. Eles descrevem suas experiências e as intervenções de Deus em seu favor, abrindo portas para que muitas pessoas aceitassem o evangelho. Viaje com os autores nessa aventura.

Autores: Davi Tavares, Ângela Tavares

Editora: CPB

2. 1.000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer

2

Seja você é um viajante inveterado ou alguém que simplesmente adora ler sobre lugares e culturas diferentes, vai se deliciar com esta extraordinária seleção do que existe de melhor para ser visto e apreciado nos cinco continentes – de belezas naturais a maravilhas criadas pelo homem. Entre as opções selecionadas pelo olhar perspicaz de Patricia Schultz para atender a todos os gostos e bolsos estão reservas ecológicas, ruínas sagradas, resorts, restaurantes, vilarejos esquecidos pelo tempo, museus, teatros, catedrais, fiordes, cavernas, cruzeiros, safáris, trilhas, passeios de balão e ilhas fantásticas. Ao fim de cada texto, este guia lhe diz como chegar lá, fornece telefones, sites, e-mails, indica a melhor época para o passeio e lista preços aproximados no Brasil e no exterior. Caso ainda não saiba para onde ir, saboreie os textos leves e bem-humorados da autora sobre o que há de especial em cada uma dessas maravilhas – com toda a certeza, descobrirá o lugar perfeito para ir na sua próxima viagem.

 Autora: Patricia Schulz

Editora: Sextante 

3. O Segredo que as Cavernas Escondiam 

4

O feriado prolongado num lugar cheio de aventuras e atividades radicais era o cenário perfeito para que uma interessante história se desenvolvesse, e o que parecia apenas mais um passeio entre duas famílias de amigos foi, na verdade, um encontro planejado por Deus para ensinar valiosas lições. Enquanto dois adolescentes se divertem fazendo trilhas, tomando banho de cachoeira e explorando cavernas, descobrem a importância do testemunho e da coerência entre o que se diz e o que se faz. Isso fica bem claro quando Bety, a simpática e sorridente guia, se junta ao grupo. Que segredo as cavernas vão revelar? Este livro é baseado numa história real e tem como propósito mostrar que ser diferente é um privilégio e não um problema.

Autora: Neila D. Oliveira

Editora: CPB

4. No Ar Rarefeito

5

Contratado por uma revista para escrever sobre a crescente comercialização da escalada do monte Everest, Jon Krakauer participou de uma expedição guiada ao topo do mundo. Em 10 de maio de 1996, atingiu com muito custo os 8848 metros de altitude. Enquanto descia ao acampamento, nove alpinistas morreram, e até o final daquele mês outros três não resistiriam à empreitada. Muito abalado pela tragédia e obcecado em rever o evento em detalhes, Krakauer escreveu este depoimento tocante sobre o sentido da vida e o poder dos sonhos.

Autor: Jon Krakauer

Editora: Companhia das Letras 

5. As Mais Belas Trilhas do Mundo

imagem.aspx

Guiado pelos passos do sueco Claes Grundsten, especialista em trekking e premiado fotógrafo de natureza, o leitor será levado a mais de 50 trilhas em 30 países espalhados pelos quatro cantos do globo. O autor faz relatos pessoais e evocativos sobre arranha-céus naturais e outros rincões da Terra. O livro traz ainda informações sobre roupas, equipamentos, acomodação, entre outras, além de um guia prático para cada rota. Pouca bagagem e muita disposição é o que basta para dar o primeiro passo em direção a essa incrível jornada.

Autor: Claes Grundsten 

Editora: PubliFolha

6. A Volta ao Mundo em 80 Dias

7

Um grande clássico da literatura mundial essa obra narra a história de Phileas Fogg, que decide dar a volta ao mundo em oitenta dias, no ano de 1872, pelo suposto motivo de uma aposta selada com alta quantia de dinheiro. Ao colocar o pé no mundo, Fogg encara diversas aventuras típicas da imaginação sinistra de Verne. Oceanos, navios a vapor, estradas de trens, selvas e até viagem sobre elefantes compõe essa jornada.

Autor: Julio Verne

Editora: Martin Claret

7. Àfrica – Lembranças de uma Missão 

8

De forma divertida e cativante, Bob Prouty descreve alguns dos episódios que ocorreram durante os seis anos em que ele e sua família estiveram na África como missionários na área educacional. Aqui você vai encontrar histórias que o farão rir e também se emocionar. E vai compreender por que Bob e sua família guardaram lembranças tão maravilhosas de uma missão quando precisaram retornar para a América do Norte. Não fique curioso… Comece logo a leitura!

Autor: Bob Prouty

Editora: CPB

5 Palestras inspiradoras do TED para você assistir hoje!

headline

Fundada em 1984, a fundação sem fins lucrativos TED realiza conferências ao redor do mundo com o objetivo de difundir ideias e descobertas sobre tecnologia, entretenimento, design, sustentabilidade e estilo de vida. Dedicada à difusão de ideias, geralmente palestras curtas e poderosas a fundação TED hoje abrange quase todos os temas – da ciência, empresa e questões globais – em mais de 100 línguas partilhando ideias em comunidades ao redor do mundo. E como a ideia principal do TED é disseminar boas ideias, separamos 10 palestras que nos enche de inspiração para compartilhar com vocês também. Esperamos que vocês gostem!

1- Brené Brown: O poder da vulnerabilidade

Brené Brown, professora da Universidade de Huston, nos EUA, estuda há 10 anos temas como coragem, autenticidade, vergonha e empatia. Em sua palestra a pesquisadora fala sobre sua trajetória e sobre a importância de aceitar a própria vulnerabilidade e como isso pode trazer grande benefícios.

2- Angela Lee Duckworth: A chave para o sucesso? Determinação

Angela Lee Duckworth abandonou sua carreira muito bem-sucedida em consultoria e optou por um emprego de professora de matemática para alunos da sétima série de uma escola pública de Nova York. Ela rapidamente percebeu que o QI não foi a única coisa que separou os alunos de serem bem sucedidos. Nessa palestra ela explica sua teoria da “grit”.Quanto maior a determinação, mais bem-sucedido você será. A chave para o sucesso é encontrar a sua verdadeira paixão e propósito na vida, assim, você realmente irá se dedicar.


3- David Marquet: Como grandes líderes servem aos outros. 

Já ouviu falar que um líder não é aquela pessoa que apenas dá ordens, mas sim aquele que motiva sua equipe?
Quando um líder abre mão do controle, há um maior espaço para que os integrantes de sua equipe sejam inovadores e engajados. Essa é a proposta de David Marquet. Para ele, tornar-se mais poderoso significa deixar de lado a ideia de que você já sabe de tudo e dar oportunidade para aprender e crescer com os outros.

4- Elizabeth Gilbert: Alimentando a criatividade

Elizabeth Gilbert, autora do best-seller “Comer, Rezar, Amar”,  reflete nessa palestra sobre as coisas impossíveis que esperamos dos artistas e gênios – e divide conosco a ideia radical de que, em vez dessas pessoas raras “serem” gênios, todos nós deveriamos “ter” um gênio. É um relato muito pessoal, bem humorado e surprendentemente emocionante.

5- Dan Gilbert – Por que somos felizes?

Já parou para pensar no que te faz feliz? Dan Gilbert, autor de “Stumbling on Happiness” (Tropeçando na Felicidade), contesta a ideia de que seremos infelizes se não tivermos o que queremos. O que acontece quando não conquistamos algo que queríamos muito, ou perdemos aquilo que  lutamos conquistar? É possível ser feliz mesmo quando nada parece estar dando certo? Para mais respostas dê play no vídeo abaixo.

 

 

Você também pode gostar:

– 7 métodos comprovados pela ciência para você ser mais feliz. 

– Passei Direto, a rede social que vai facilitar sua vida de universitário.

– 9 Lições que aprendemos com os filmes de animação. 

Filmes com ótimas lições de inteligência emocional

the-top-5-movies-destined-to-flop-in-2016-835409

A arte imita a vida

São Paulo – As emoções, via de regra, são personagens principais no cinema. Afinal, como escrevem os autores do livro “Inteligência Emocional 2.0” (Editora HSM), Travis Bradberry e Jean Greaves, a arte imita a vida e “, os filmes são uma ótima maneira de ver as habilidades de inteligência emocional em ação, demonstrando comportamentos que você pode querer imitar ou evitar.

Observar relações e conflitos e analisar as emoções é uma das dicas dos autores para quem quer melhorar seu nível de inteligência emocional no trabalho e também na vida pessoal. “Pode ser difícil de acreditar, mas ver filmes de ficção pode ser uma das maneiras mais proveitosas e divertidas de praticar habilidades de conscientização social que você pode aplicar no mundo real”, escrevem os autores.

A seguir, confira filmes indicados pelos autores do livro e pelos especialistas Rubens Pimentel, sócio da Ynner Treinamentos, e Vera Martins, consultora em desenvolvimento humano.

O Discurso do Rei

A história do rei Jorge VI que, para superar a gagueira, contrata um fonoaudiólogo, mostra como o conhecimento das nossas emoções pode ser essencial na hora de controlar um problema.

Na opinião de Rubens Pimentel, a história revela como a inteligência emocional permite à pessoa se aceitar e, com isso, vencer barreiras.
“Um excelente exemplo de como perder o medo de falar em público através do autoconhecimento, controle das emoções e treino de visualização mental. Todos componentes do que chamamos hoje de inteligência emocional”, diz Pimentel.

O Discurso do Rei
Direção: Tom Hooper
Ano: 2010
País: Estados Unidos

Gandhi

Gandhi e sua trajetória trazem importantes exemplos de inteligência emocional que podem ser aplicáveis no trabalho e nos relacionamentos. Para lidar com o descontrole emocional do outro nada como lidar com inteligência emocional, diz a consultora em desenvolvimento humano, Vera Martins.

Ele conseguiu promover mudanças em toda uma nação com um único pensamento, diz Vera: “mostrar coragem e se dispor a sofrer vários golpes, mas não revidar e nem desistir, pois essa atitude desperta algo na natureza humana que faz o ódio do outro diminuir, e o respeito, por nós aumentar”.

“O agir com essa coerência e foco exigiu de Gandhi o firme propósito de buscar a justiça, libertando seu país da submissão e desigualdade humana”, diz Vera.

Mas, o filme também mostra que, mesmo imbuídos de um propósito maior, justo e ético, somos seres humanos e podemos errar e sermos tomados por emoções negativas, como medo e raiva.

A fragilidade humana é revelada em uma cena em que Gandhi tem uma crise de raiva com sua esposa e depois se arrepende, pedindo desculpas. “Sua esposa consegue sentir empatia por ele, entendendo sua reação e diz: você é apenas humano. E é mais difícil ainda para aqueles que nem querem ser bons como você”, diz Vera.

Ela destaca algumas lições que gestores podem aprender com a trajetória de Gandhi: humildade para aprender com o outro, empatia, firmeza e foco para ser movido por propósito ancorado em valores e princípios éticos

Gandhi
Direção: Richard Attenborough
Ano:1982
País: Estados Unidos/India/Reino Unido

Erin Brockovich – Uma Mulher De Talento

O filme biográfico conta a história da luta jurídica de Erin Brockovich contra a empresa de energia Pacific Gas and Electric e mostra como a inteligência emocional a serviço do outro pode trazer excelentes resultados. Segundo os autores do livro “Inteligência Emocional 2.0”, Travis Bradberry e Jean Greaves, é importante perceber a falta de autogerenciamento emocional dos personagens no começo filme.

Rubens Pimentel, sócio da Ynner Treinamentos, também aponta para o fato de que a personagem principal não tinha capacidade de empatia no começo do filme. “As dificuldades dos outros e o senso de justiça dela traz à tona todo um conjunto de competências emocionais que determinam seu sucesso profissional”, diz Pimentel.

Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento
Direção: Steven Soderbergh
Ano: 2000
País: Estados Unidos

À procura de Eric

O ditado “se quer entender a organização mental de alguém, veja como é a organização da casa” é válido para Eric, o personagem principal do filme, segundo a consultora em desenvolvimento humano, Vera Martins.

“Ele se sente atordoado e sem foco, perdendo o controle da casa, da família, de suas emoções e de sua vida afetiva. Não consegue reagir, tornando-se triste, desanimado, irritado, e sua comunicação se apresenta ora passiva, ora agressiva”, diz a especialista.

Com a ajuda do pseudo amigo e ídolo Eric Cantona, ex-futebolista, que faz um papel de coach ilusório, ele consegue criar pensamentos positivos, aprende a dizer não, e assim, ele consegue enfrentar suas dificuldades e pensamentos negativos. Aceitar o apoio dos amigos, diz a especialista, foi fundamental para a mudança positiva na vida do personagem.

“O filme nos mostra que autoconhecimento, autoconsciência e auto aceitação são premissas básicas para a educação emocional, para as pessoas se sentirem livres emocionalmente e viverem a inteligência emocional na sua plenitude, caso contrário essas pessoas continuarão infantilizadas”, diz Vera.

À Procura de Eric
Direção: Ken Loach
Ano:2009
País: Reino Unido

Avatar

O filme conta a história de Jake Sully que é selecionado para participar do programa Avatar e viaja a Pandora, uma lua extraterrestre que tem formas diversas de vida.

Segundo Rubens Pimentel, sócio da Ynner Treinamentos, são dois mundos em choque. Um deles é carregado de inteligência emocional e o outro, dos forasteiros,  revela como a falta de empatia e de capacidade de comunicação barravam o funcionamento da inteligência emocional em prol dos resultados.

“Ao assistir este filme perceba que a inteligência emocional pode juntar seres de mundos completamente estranhos. Por isso, existem pessoas que se adaptam a novos ambientes e outras não”, diz Pimentel.

Avatar
Direção: James Cameron
Ano: 2009
País: Estados Unidos

300

A história gira em torno do Rei Leônidas que lidera 300 espartanos na batalha contra o deus e rei Xerxes da Pérsia e seu exército de 300 mil soldados.

“O destaque deste filme é a cena em que o rei conversa com Elfialtes, que é um espartano deficiente físico, que quer lutar, mas sua condição o impede que participe de batalhas. A forma como o rei conduz a conversa é um bom exemplo de inteligência emocional aplicada a feedback”, diz Rubens Pimentel, sócio da Ynner Treinamentos

300
Direção: Zack Snyder
Ano: 2007
País: Estados Unidos

A vida é bela

“Nas piores condições possíveis um pai judeu, preso em um campo de concentração com seu filho, usa a inteligência emocional para conseguir se controlar e salvar a vida do filho”, diz Rubens Pimentel, sócio da Ynner Treinanemtos.

O filme é um exemplo, diz o especialista, de que de que ter inteligência emocional não é suprimir emoções, controlar emoções, mas, sim, saber o que fazer e como atuar quando elas aparecem. “É uma lição de como a inteligência emocional pode nos ajudar a utilizar o conhecimento do outro para controlar situações, inclusive, de perigo”, diz Pimentel.

A Vida é bela
Direção: Roberto Benigni
Ano:1997
País: Itália

Duas vidas

Sucesso profissional, mas uma vida emocional fracassada. No filme, é possível perceber como o autoconhecimento é essencial para que a inteligência emocional permita uma vida plena, segundo Rubens Pimentel, sócio da Ynner Treinamentos.

“Somente depois de re-significar toda sua vida é que o personagem principal deste filme consegue ter plenitude emocional”, diz o especialista.

Duas Vidas
Direção: Jon Turteltaub
Ano: 2000
País: Estados Unidos

Confira o restante da lista clicando aqui!

5 Documentários sobre sustentabilidade e meio ambiente que você precisa assistir!

ecounasp2

1- Home – Nosso Planeta, Nossa Casa

Home – Nosso Planeta, Nossa Casa é um documentário com uma proposta diferente, que registra uma viagem única pelo planeta Terra. Filmado inteiramente do ponto de vista de cima, pelo consagrado fotógrafo Yann Arthus-Bertrand, HOME busca sensibilizar, educar e conscientizar as pessoas de todo o mundo sobre a fragilidade de nosso lar, ao demonstrar que tudo que é vivo e belo sobre nosso planeta está interligado.

2- A Enseada

Nos anos 60, Richard O’Barry era a maior autoridade mundial no treino de golfinhos, trabalhando no cenário da popular série de televisão Flipper. Diariamente, O’Barry mantinha os golfinhos trabalhando para manter o público entretido. Mas com o tempo ele sentiu-se responsável pelo cativeiro desses animais e decidiu mostrar algumas realidades para o mundo. The Cove, ou A Enseada, mostra a incrível história de ativistas, cineastas e mergulhadores que embarcaram na missão de mostrar ao mundo uma terrível e negra realidade do comércio de carne de golfinho no Japão.

3- Alimentos S.A

O documentário Food Inc, Alimentos S.A,  apresenta a realidade por trás das indústrias de alimentos, que dificultam ao máximo que os consumidores saibam a verdadeira origem do que estão comprando ou ingerindo. A realidade que a indústria pretende esconder a todo custo é baseada em um cenário perverso: uma vida de sofrimento, tortura e confinamento de animais que são explorados para o consumo humano.

4- Flow – Pelo Amor à Água

Premiado, esse documentário fala sobre a crise da água, um problema real e que afeta uma grande parte da população. Outro ponto importante é o fato de o documentário propor soluções para o problema.

 

5- A Última Hora

A última Hora é um documentário que se dedica a ouvir a opinião de especialistas a respeito de uma série de questões relacionadas ao meio ambiente que devem ser discutidas. O documentário tenta ajudar a entender o que está acontecendo com o planeta, qual é a necessidade real da sustentabilidade e quais as consequências para o planeta caso os recursos da Terra não sejam explorados de forma renovável. Para embasar essa reflexão, são mostradas entrevistas com, aproximadamente, 50 estudiosos da área.

 

 

Fontes: Cinema10, GGN 

Descubra como a Páscoa é comemorada ao redor do mundo

A Páscoa é um dos mais importantes feriados do cristianismo, entre março e abril os cristãos celebram a Semana Santa, e ao final, no domingo a ressurreição de Jesus Cristo. Com o passar do tempo a tradição secular mudou de acordo com o país e cultura, e muitas pessoas passaram a assimilar o feriado com chocolate, ovos e coelhinhos – principalmente para impulsionar o comércio.

Mas você sabia que a Páscoa possuí diferentes significados e estilos de comemoração ao redor do mundo? Veja na lista abaixo o que milhões de pessoas estarão comemorando no domingo.

  • ALEMANHA

Na Alemanha a Páscoa é comemorada junto com a chegada da primavera. A tradição é decorar árvores com ovos de galinha coloridos com tinta e colagens de papel.

esater82

  • ÍNDIA

Na Índia o período da Páscoa é a chagada da primavera e eles celebram o início da estação com uma das mais famosas festa do mundo, o festival Holi. Os hindus comemoram o surgimento do deus Krishna com muita música, dança, comidas e uma explosão de cores.

Holi-2015-Photo

  • GRÉCIA

A tradição na Grécia são os ovos vermelhos, que simbolizam o sangue de Jesus. Esses ovos são distribuídos entre convidados que devem encostar no ovo do outro até rachá-lo. De acordo com a lenda a última pessoa a ter seu ovo rachado terá muita sorte no ano seguinte.

img-160048701-660x440

  • SUÉCIA

Na Suécia o feriado de Páscoa é prolongado. As crianças gostam de se vestir de bruxas e sair pela rua para ganharem dinheiro e doces. As meninas usam vestidos, avental e lenço colorido na cabeça. Os meninos usam chapéu e pintam bigodes. As crianças saem pelas ruas e visitam os vizinhos deixando cartões feitos à mão e gritam “Glad Påsk”(Feliz Páscoa).

pascoa1

  • ESTADOS UNIDOS

Nos Estados Unidos a tradição é a caça aos ovos. Milhares de ovos de galinha, decorados são espalhados e escondidos ao ar livre. A competição é para ver quem encontra mais ovos. Divertido não é?

easteregghunt-e1457012656684

  • FRANÇA

Na França existe a tradição, desde 1973, de preparar uma omelete. Mas não é qualquer omelete! Os cavaleiros da Confraria Mundial da Omelete Gigante de Páscoa, sim isso existe, preparam uma omelete com mais de 15 mil ovos! Além disso, os sinos das igrejas não são badalados entre sexta-feira da Paixão e domingo de Páscoa.

pascoa6

  • RÚSSIA

Os russos também pintam os ovos de galinha, só que os desenhos são muito mais elaborados! Ao dar o ovo para alguém, deve se dizer Kkristos Vosgrés, que significa Cristo ressuscitou. Quem recebe deve responder, Voistinu Vosgres, que significa, ressuscitou realmente.

foto8pascoamundopascoapelomundo

  • ESCÓCIA

Na Escócia uma das brincadeiras mais tradicionais é uma disputa entre crianças. A brincadeira consiste em rolar ovos de galinha por uma ladeira. Ganha o ovo que conseguir atingir a maior distância sem quebrar.

montains

  • ISRAEL

A palavra Páscoa vem do hebraico Pessach, que significa Passagem. A Páscoa judaica, celebrada por oito dias, comemora o êxodo dos israelitas do Egito, ou seja, a “passagem” da escravidão para a liberdade. O ritual é bem simbólico, e representa a tradição e história do povo de Israel.

p

Como vocês viram a Páscoa tem um significado diferente para as pessoas, isso depende muito da crença, religião e cultura. Nós, do UNASP, acreditamos que essa é uma data para relembrar o sacrifício que Jesus fez por cada um de nós. Ele se tornou homem para levar nossos pecados, morreu para que tivéssemos a vida eterna. E hoje, está vivo! Que nesse feriado possamos lembrar do real significado de sua morte e possamos agradecer-lhe por ter nos amado de maneira tão sincera.

Via Manual do Mundo e Notícias Terra 

Projeto Apresenta Histórias de Mulheres e Suas Iniciativas Inspiradoras

Priscilla Adduca formou-se em direito, mas logo percebeu que gostava de outras áreas. Ao invés de encarar um escritório e seguir carreira no direito, ela optou por trabalhar com marketing, moda e acabou descobrindo sua vocação na criatividade. Com tantas mudanças Priscilla sempre inquieta decidiu descobrir histórias e saber o que inspira as pessoas a seguirem caminhos alternativos. Foi assim que ela criou o projeto Mulheres Que Inspiram. A ideia inicial era dar espaço para mulheres inspiradoras contarem um pouco sobre seus sonhos, carreiras, criações e motivações através fotos e pequenos textos publicados no Instagram.

Hoje em dia a iniciativa cresceu e Priscilla viaja o Brasil fazendo palestras, conhecendo novas mulheres, compartilhando histórias e inspirado milhares de pessoas que também queiram seguir seus sonhos.

Veja abaixo algumas das histórias do projeto:

1

Há 6 meses, pouco depois de perder seu marido pra um câncer, essa senhorinha de 90 anos descobriu um tumor nos ovários. Decidida a não passar pelo mesmo tratamento do seu companheiro, ela escolheu uma alternativa muito mais desafiadora: viajar o mundo. Dias depois, vendeu sua casa e partiu com seu filho, sua nora e seu cachorro Ringo pra uma bela aventura. Já passou pela Califórnia, se divertiu na Disney e visitou até o museu sobre a Segunda Guerra Mundial, lugar onde foi recebida com honra já que trabalhou como enfermeira durante o conflito. Prestes a completar 91 anos, Norma já está há 180 dias na estrada e tem até página no Facebook para compartilhar os próximos capítulos dessa história!

2

Em 2011, a baiana Monique Evelle resolveu rodar as ruas de alguns bairros de Salvador pra conversar com os jovens de baixa renda e tentar desconstruir discursos ultrapassados impostos pelas mídias tradicionais. A experiência foi tão transformadora (pra ela e pras comunidades!), que Monique deu início ao @desabafosocial, um coletivo de jovens espalhados por 13 estados brasileiros que busca formas de promover a cultura de direitos humanos, incentivando e estimulando o engajamento de adolescentes através de novas práticas pedagógicas. Monique promove cursos, oficinas, palestras e eventos e ainda conta com uma plataforma colaborativa, um programa de rádio e um Núcleo de Estudos Interdisciplinares. Como se não bastasse, o Desabafo ocupa espaços públicos pra desenvolver atividades educativas e culturais como o CineDesabafo, Roda de Conversa, Brincadeiras Lúdicas e Leituras. Em outras palavras, a missão da baiana de apenas 20 anos é comunicar e transformar. 

4

Attab da @varandaflores é psicóloga e se especializou em Psicologia Junguiana e Arteterapia. Foi depois de um curso de arte floral em São Paulo que ela resolveu investir no segmento. “Eu já trabalhava com decoração de eventos, mas queria ir mais longe com os arranjos florais. Como meu meio de transporte é uma bicicleta, eventualmente eu trazia flores depois dos eventos na minha cestinha. Foi quando percebi que essa ideia poderia ser levada adiante”. Hoje Ana se dedica a desenvolver arranjos pra eventos corporativos, casamentos, jantares, além das vendas que acontecem de bike pelas ruas.

5

Essa senhorinha linda, de 104 anos, resolveu colorir de crochê uma pequena cidade na Escócia. Ajudada por um grupo que espalha arte pelas ruas, seu trabalho já coloriu mais de 46 lugares. Tem crochê cobrindo até cabine telefônica!

6

Formada em Enfermagem e pós-graduada em Enfermagem do Trabalho, Juliana atuou na área por quatro anos. Apaixonada por culinária desde sempre, começou a colocar os ensinamentos de sua avó e mãe em prática quando foi morar sozinha e há 3 anos largou o mundo corporativo pra se dedicar de corpo e alma à @ameliagastro. “Hoje estou feliz por poder cuidar bem de perto de cada detalhe. Quando se tem um sonho, vale a pena abrir mão da estabilidade de um emprego fixo para correr atrás e fazer seu projeto dar certo. É uma luta diária, mas muito mais prazerosa e gratificante”. 

7

Já imaginou ter a sua própria fábrica de chocolates? Pois a distância entre imaginação e realidade está apenas no fazer! A inglesa @luisaabram veio para o Brasil aos 3 anos de idade. Aos 17, resolveu cursar Medicina e percebeu que não era exatamente aquilo que queria. Resolveu mudar o rumo das coisas e foi prestar Gastronomia escondida dos pais e com o apoio da irmã mais velha. Quando começou a estagiar na área, teve a certeza de que tinha encontrado sua paixão. “Ano passado ganhei um livro do meu pai chamado Elements of Dessert, onde encontrei as primeiras informações sobre a fabricação do chocolate. Comecei a me interessar pelo assunto e fui para a prática. O lado estrutural, genético e praticamente secreto do cacau me chamou atenção para uma verdadeira aventura!” Com o livro em mãos, Luisa foi estudar o processo de fabricação do chocolate e quais eram os principais fatores de diferenciação de um chocolate comum para um chocolate fino. “O aprendizado foi longo, errei muitas vezes antes de acertar a receita daquele que julgo ser o melhor resultado para o cacau que tenho. Foram muitas torras diferentes e muitas tentativas. Não tive nenhum curso, fui autodidata, aprendi com as pesquisas e a experiência prática”. Aos 23 anos, num espaço de 5m em seu apartamento e com cacau proveniente do Acre, Luisa enxerga longe: “Pretendo crescer tanto aqui no Brasil como no exterior, mostrando que também podemos produzir chocolate de qualidade”. 

8

Preocupada em preservar e cultivar o amor das crianças por livros, a bibliotecária Alicia Tapia teve uma ideia genial: ela criou a Bibliobicicleta, uma biblioteca itinerante conduzida por uma bike e que roda as ruas de São Francisco. Alicia usa todo o seu tempo livre circulando pelos bairros, praias e áreas mais pobres da cidade pra incentivar a leitura. A Bibliobicicleta comporta até 100 livros e crianças (e adultos!) podem levar o que quiserem. Mesmo sendo uma tarefa super cansativa, Alicia garante que a experiência de espalhar livros e alegria vale o todo o esforço!