10 ideias práticas para cuidar da sua saúde mental

Quando você se sentir desanimado com a vida, acredite… você não está sozinha nessa. Por mais que a vida de muitas amigos nas redes sociais pareça uma grande diversão, no dia a dia o bicho pega! Todos nós passamos por umas barras que nos fazem ficar na bad. Você não precisa se sentir mal por isso.

Precisamos entender que todos nós enfrentamos problemas que nos deixam tristes. O que não é normal é ficar sempre triste. Por mais que precisemos de um tempinho a sós para pensar na vida é importante sacudir a poeira e dar a volta por cima. Cuidar da saúde mental não é só conversa, é importante praticar todos os dias.

Veja algumas dicas que podem te ajudar a manter sua mente mais focada e feliz.

1- Agradeça mais.

giphy-2

Acordou no horário. Recebeu um elogio de um colega. Você conseguiu encontrar um amigo no fim do expediente. Assistiu a mais episódios do seu seriado favorito, e tava sensacional! Sério, não precisa ser nenhum fato enorme! Agradeça por aquilo que pareça muito simples. O legal é lembrar-se das coisas boas.

2- Viva mais fora das redes sociais do que dentro delas.

shutterstock_555096895

Blz, todos nós gostamos de dar aquela olhada no Facebook, publicar uma foto no Instagram e de acompanhar as polêmicas no Twitter. Mas já percebeu como as pessoas invertem as coisas nas redes sociais? O certo seria viver mais na vida real e só depois compartilhar aquilo que foi vivido nas redes sociais, e não viver em função de agradar os outros através delas. Redes sociais são legais galera, mas deviam ser apreciadas com moderação. A vida acontece quando não ninguém está vendo.

3- Saiba dizer “não sou obrigad0(a)”.

giphy-3

Sem desculpinhas esfarrapadas, nada de sentir-se mal por dizer um belo e sonoro “NÃO”! Você não precisa forçar-se a fazer certas coisas só para agradar os outros. Saber dizer “Não” vai te ajudar a viver com mais leveza. NÃO… repete com a gente… NÃO, obrigada!

4- Lembre-se que as pessoas são diferentes. 

1

Assim você não fica frustrado quando alguém lidar com uma situação de uma maneira diferente da sua. Você não pode esperar que as pessoas façam aquilo que você quer. Saiba respeitar. Os outros vão perceber e também vão te respeitar. Ou não, né… nunca se sabe. Por via das dúvidas seja a pessoa legal e não a intolerante.

5- Faça aquilo que te deixa feliz.

shutterstock_559281832

Você não é uma máquina. Não precisa só estudar ou trabalhar. Dê um tempo! Faça mais daquilo que você gosta. Nem que seja ler quadrinhos e maratonar um seriado na Netflix durante o final de semana todo. Te faz bem? Então faça!

6- Pare de remoer o que aconteceu no seu dia.

shutterstock_543086620

Pergunte-se: O mundo vai acabar por causa disso? Já te adiantamos: não, não vai! Então respire fundo e conte até dez. Vai passar e daqui algum tempo esse problema nem será mais relevante.

7- Permita-se ficar tristinho.

shutterstock_558414259

Acabamos de escrever para você não remoer o que aconteceu de ruim no seu dia. Tá certo! Mas ninguém também é de ferro, né? Se você não conseguir esquecer as coisas ruins permita-se ficar na foça. Mas não exagere na dose. Ficar triste nos ajuda a pensar melhor naquilo que não está dando certo em nossas vida, e buscar soluções. Então nada de cultivar tristeza! Permita-se, mas dê um prazo para a tristeza. Como diria o poeta, “é melhor ser alegre, do que ser triste”.

8- Celebre as suas conquistas, por mais simples que pareçam.

giphy-2

Você já é vencedor só de acordar todos os dias e ter coragem de colocar os pés para fora da cama. Não vem com essa de guardar alegria só para o dia da promoção no trabalho ou quando tiver milhões na conta. Viva feliz desde já. Saiba reconhecer suas conquistas, podem parecer banais, mas são suas! Isso é que vale!

9- Dê atenção para a sua saúde mental.

shutterstock_469395014

Saúde mental é tão importante quanto saúde física. As duas merecem tratamento, não importa se a dor é por fora ou por dentro. Procure um profissional para conversar e buscar mais informações. Lembre-se que seu emocional precisa de manutenção.

10- Seja seu melhor amigo.

shutterstock_559196641

Ouça, converse, valorize e apoie aquela pessoa que é a mais importante na sua vida: você mesmo! Você é a pessoa mais linda e importante do mundo. É sério! Você duvida? A gente não!

 

Organização: Aplicativos para colocar a vida em ordem.

aplicativos_para_organização

Quantas vezes você já prometeu a si mesmo que seria mais organizado? Que não ia deixar as tarefas acumularem, as contas vencerem e que ia gerenciar melhor o seu tempo para conseguir dedicar algumas horas ao lazer? Provavelmente uma centena de vezes! E você não está sozinho nessa. A desorganização é um mal que atinge a maioria das pessoas hoje em dia. Com tantos compromissos, tarefas, estudos, ideais, reuniões, pensamentos e uma rotina caótica, algumas tarefas acabam sendo esquecidas ou mal executadas. Por este motivo, o blog UNASP separou aplicativos que vão te ajudar de alguma forma a manter a vida organizada. Cada um deles funções diferentes que permitem uma organização geral da vida. Tem desde aplicativo de anotações, financeiro, estudos e até para a rotina de exercícios físicos e tarefas domésticas.

Confira a lista e não deixe a vida ficar tão bagunçada!

1- Evernote

Para que serve: Fazer anotações no smartphone.

Como funciona: O Evernote é um dos aplicativos mais usados para fazer anotações, funcionando como uma agenda digital. Você pode organizar as notas por cadernos e organiza-las em tags para facilitar a consulta e localização. Além das anotações você pode incluir fotos, áudio, capturas de tela e anexos. E o melhor de tudo, é possível sincronizar a sua conta Evernote com outros dispositivos.

Disponível: Para Android e iOS.

2- HomeSlice

Para que serve: Gerenciar a rotina em casas compartilhadas.

Como funciona: HomeSlice é uma solução de gestão doméstica que permite que colegas de quarto, casa ou apartamento, possam gerenciar com eficiência e organização suas contas compartilhadas, suprimentos e tarefas em um só lugar! Sabe aquele velho mural com uma lista de tarefas pendurado na parede? Pode esquecer! Esse aplicativo vai ajudar a manter toda a galera informada e atualizada sobre o que acontece na casa, as contas que precisam ser pagas e escala de limpeza.

Disponível: Para Android.

3- Agenda do Estudante

Para que serve: Organizar os estudos.

Como funciona: a Agenda do Estudante foi feita para alunos se organizarem e terem, consequentemente, melhor desempenho nos estudos. Informações importantes sobre provas, trabalhos, compromissos e horários de aulas estarão sempre disponíveis em seu smartphone para eventuais agendamentos e consultas, onde quer que você esteja. Outro recurso muito útil é o agendamento de notificação (lembrete) para não se esquecer de atividades importantes.

Disponível: Para Android e iOS.

4- Orçamento Fácil

Para que serve: Organizar a vida financeira.

Como funciona:  Mantenha suas finanças pessoais e familiares facilmente sob controle com Orçamento Fácil. Através do aplicativo você pode verificar o seus rendimentos e despesas para melhorar a forma como você poupa, visualizar facilmente o fluxo de dinheiro e gerenciar suas finanças, como diferentes tipos de gráficos e um calendário.

Disponível: Para Android e iOS.

5- FitBit

Para que serve: Rotina de exercícios físicos.

Como funciona: FitBit é um aplicativo que busca melhorar o bem-estar do usuário, analisando as suas atividades diárias, mantendo-o ativo. Através de gráficos, escalas, tarefas e sugestões o aplicativo ajuda o usuário a colocar suas atividades físicas em dia.

Disponível: Para Android e iOS.

 

 

Desperdício zero! Faça pratos deliciosos com casca de banana.

shutterstock_331719362

No Brasil, anualmente, são desperdiçados 41 mil toneladas de alimentos, segundo Viviane Romeiro, coordenadora de Mudanças Climáticas do World Resources Institute (WRI) Brasil, uma instituição de pesquisa internacional. Esse dado coloca o Brasil entre os dez países que mais perdem e desperdiçam alimentos no mundo! De acordo com o IBGE mais de 7 milhões de brasileiros passaram fome em 2013. Segundo o documento, no ano passado a insegurança alimentar grave atingia 3,2% (2,1 milhões) dos domicílios, com 7,2 milhões de habitantes, 3,6% do total.

Muitas pessoas acreditam que precisamos de grandes ações para mudar o quadro de desperdício no mundo, mas na verdade algumas atitudes bem simples já podem impactar de uma maneira positiva. Com práticas simples você pode economizar no orçamento familiar, aproveitar mais os recursos naturais e preservar o planeta. Um exemplo disso é usar os alimentos até o final. Como? Reutilizando aquelas sobras que irão parar no lixo como alimento. Cascas, talos e restos podem virar pratos saborosos, nutritivos e ainda evitar o desperdício.

A banana, por exemplo, é uma fruta completa, cheia de vitaminas e nutrientes, inclusive a sua casca, que concentra uma boa quantidade de fibras. Dificilmente as pessoas consomem a casca dos alimentos, desprezando-a e jogando no lixo, mas a casca de banana pode servir de base para diversas receitas. Que ver só?

Torta com casca de banana

Ingredientes:

– 12 colheres de sopa de farinha de trigo;

– 10 colheres de sopa de açúcar demerara;

– 1 colher de sopa de fermento em pó;

– 6 cascas de banana picada;

– 4 ovos batidos.

Modo de preparo:

Misture a farinha, açúcar e fermento em uma tigela, então incorpore a margarina. Separe metade dessa massa e disponha em um refratário, em seguida a casca de banana cortada e por cima o restante da massa. Bata os ovos e adicione por cima da torta. Leve para assar em forno previamente aquecido em temperatura média por 20 minutos. Sirva.


Brigadeiro de casca de banana

Ingredientes:

– 1 lito de água;

– 10 cascas de banana;

– 3 xícaras de farinha de trigo;

– 2 xícaras de chocolate em pó;

– 1 xícara de leite em pó sem açúcar;

– 2 colheres de sopa de manteiga sem sal;

– 5 cravos;

– 2 xícaras de leite desnatado.

Modo de preparo:

Em uma panela adicione as cascas de banana lavadas e bem picadas, a água, açúcar e o cravo para dar sabor. Deixe cozinhar até reduzir a água pela metade e a casca estar macia. Em um liquidificador leve para bater as cascas e acrescente chocolate em pó, leite em pó, farinha e o leite e bata tudo até incorporar. Despeje essa mistura em uma panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até começar a soltar do fundo. Pode ser consumido puro ou como recheio de bolos.


Doce de casca de banana

– 6 cascas de banana nanica

– 2 xícaras de açúcar

– 1 xícara de água

– 1 colher (sopa) de suco de limão

– 4 cravos

– 2 pedaços de canela em pau

Modo de preparo:

 Numa panela média, junte as cascas de banana e cubra com água. Leve ao fogo médio e deixe ferver por cinco minutos ou até ficarem macias. Escorra e corte em pedaços. Bata no liquidificador até obter um purê. Ponha novamente na panela e junte os demais ingredientes. Leve ao fogo médio, com a panela semitampada, mexendo às vezes, por 35 minutos ou até a mistura se soltar do fundo. Retire do fogo e deixe esfriar.


“Bife” de casca de banana

Ingredientes:

– 1/2 xícara de farinha de trigo integral;

– 2 cascas de banana-nanica;

– 4 colheres de sopa de amido de milho;

– 1/4 xícara de água;

– 1 xícara de farinha de rosca;

– 1 dente de alho amassado;

– sal a gosto;

– óleo para fritar;

– pitada de páprica.

Modo de preparo

Lave a casca da banana com cuidado com uma escovinha de alimentos, então descasque e corte as pontas. Tempere com alho e sal nas cascas e deixe descansar por meia hora. Depois prepare uma solução com água, amido de milho e páprica e mergulhe a casca nessa mistura, deixe escorrer e já passe na farinha de trigo, então novamente na solução de amido e logo em seguida na farinha de rosca. Repita o processo até terminar as cascas. Leve para fritar em óleo quente. Sirva.


Gostou da sugestões? Faça em casa, experimente e compartilhe a informação com outras pessoas. Vamos mudar galera! Já passou da hora de repensarmos nosso consumo.

 Fontes: Agência Brasil / IstoÉ

FGV disponibiliza cursos grátis na área de finanças pessoais

unasp1

Dados estatísticos mostram que, apesar de a maior parte dos brasileiros se declarar cuidadosa com o dinheiro, apenas uma minoria possui aplicações financeiras. Cerca de 90% dos lares não têm controle de orçamento e 3 em cada 10 reais que ganham vão direto para o pagamento de dívidas de consumo*.

O resultado desse descontrole e desorganização na vida financeira é que não sobra muito dinheiro para a realização de alguns sonhos, investimentos em educação e também para o conforto futuro. Quando sobra, as pessoas não sabem como e onde investir. Uma pesquisa do Ibope descobriu que só 2% da população declaram ter um plano de previdência, por exemplo.

Você já parou para pensar em como anda a sua vida financeira? Você tem uma poupança, já pensou na aposentadoria ou talvez em investir seu dinheiro? É muito importante saber como utilizar o dinheiro a seu favor. Fazer com que o seu dinheiro trabalhe para você, e não o contrário. Para saber exatamente como utilizar o dinheiro de maneira mais efetiva e equilibrada é preciso uma reeducação financeira, saber como utilizar seu salário de uma maneira mais inteligente, onde poupar e como investir.

A FGV Online disponibiliza de maneira totalmente grátis quatro cursos sobre gestão financeira para a sua vida pessoal. Cada curso tem em média uma duração de 12 horas. Basta acessar o site e começar! É muito simples e didático.

Veja só os temas dos cursos.

1- Como organizar o orçamento familiar

Esse curso tem como objetivo proporcionar o conhecimento necessário para que você seja capaz de planejar sua vida financeira e organizar o orçamento familiar. Ao final do curso, você deverá estar apto a planejar sua vida financeira, organizar o orçamento individual e familiar e aprender a organizar a sua vida financeira em casos de endividamento.

Clique aqui para começar!

2- Como fazer investimentos

O curso tem como objetivo aprofundar seus conhecimentos para a realização de investimentos. Ao final do curso, você deverá saber responder o que é uma carteira bem diversifica de ações, qual a importância da correlação entre ativos, o que é risco sistemático, se vale à pena investir em ouro, o que é investimento exótico e como investir em derivativos.

Esse curso está divido em dois módulos, clique aqui para acessar o 1º e clique aqui para acessar o 2º.

3- Como planejar a aposentadoria 

O objetivo deste curso é ajudar as pessoas, juntamente com suas famílias, a se organizarem da melhor forma para viver bem o período fora do campo formal de trabalho.

Clique aqui para começar!

4- Como economizar em tempo de crise

O curso busca orientar as pessoas para que possam consumir de maneira consciente dentro de seu orçamento e atendendo aos seus objetivos.
Ao final do curso, você deverá saber responder: Qual é o objetivo de administrar meu dinheiro? Eu preciso ou eu quero isto? Comprar à vista ou a crédito? O consumo me faz mais feliz?

Clique aqui para começar! 


* Dados de pesquisa encomendada pela Revista Exame em parceria com o Instituto Ipsos em 2011

Fonte: FGV 

Infográfico: 15 técnicas para acabar com a procrastinação

1z

É aquele velho ditado “nunca deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”. Apesar de todos nós sabermos a importância de cumprir os deveres dentro do prazo e melhorar nossa rotina tanto de estudos, quanto de trabalho, mesmo assim costumamos procrastinar a maior parte tempo. Os ditados podem ser muito inspiradores, mas só são realmente úteis quando criamos uma estratégia para colocar os objetivos em prática.

Leia também:

>> Música: Playlists no Spotify que prometem aumentar a sua concentração durante os estudos

>> Descubra como potencializar seus estudos em oito passos bem simples

>> Aprenda a organizar uma rotina de estudos para o vestibular 

Esperar que algo simplesmente aconteça é mais fácil do que encarar o trabalho, por isso vemos os dias terminando, as semanas passando e nossos projetos pegando poeira em um canto da sala. Isso significa que no final do mês, ou do ano, descobrimos que não fizemos nem metade daquilo que desejávamos e que por consequência perdemos boas oportunidades. Às vezes é bom deixar um projeto ou trabalho de lado para analisar melhor se realmente vale à pena continuar fazendo aquilo do mesmo jeito, mas isso não significa que devemos empurrar com a barriga os nossos dias, sonhos e projetos.

O primeiro passo é encarar o problema de frente e começar a mudar alguns pontos na rotina. Veja essas 15 técnicas para vencer a procrastinação de vez!

2016-08-22_procrastinacao-produtividade-1

Infográfico originalmente publicado no blog do HubSpot. Traduzido e adaptado pela equipe do Tutano.

Situações que todo mundo passa em ano de TCC.

Último ano da faculdade é um ano atípico em nossas vidas. A conclusão do curso está próxima, temos que escolher o que fazer das nossas vidas após a formatura e como se não bastasse as milhares de dúvidas que precisamos responder ainda temos que concluir o TCC, o temido Trabalho de Conclusão de Curso. Após quatro anos (ou mais, dependendo do seu curso) preparando-se para terminar a faculdade finalmente o objetivo está próximo. Mas antes de pegar o diploma você precisa passar pelos os altos e baixos que todo veterano vive no último ano da faculdade.

Se você está prestes a se formar provavelmente já passou por algumas dessas situações.

• Escolher um tema para o TCC é só o começo das dores. Com tantas opções você acaba ficando indeciso, afinal escolher um tema não é tão fácil quanto parece.

giphy-15

Você vai passar um ano estudando, escrevendo ou criando um projeto sobre um tema específico, é melhor que, no mínimo, seja um tema interessante. 

• E só você sabe o tamanho da felicidade que sentiu ao encontrar o tema perfeito!

giphy-3

Bóra começar! Já estou sentindo o cheirinho do diploma. 

• A sua vida passa a ter um novo propósito. Você lê, ouve, pensa e gosta de conversar sobre assuntos referentes ao TCC.

giphy-7

Que artigo interessante, pode ser útil. Que documentário interessante, pode ser útil. Olha essa frase aqui, acho que dá para encaixar no capítulo cinco. 

• O computador já virou uma extensão do seu corpo. Ninguém digita mais rápido do que você! 

giphy-4

Sai pra lá, deixa com o profissional aqui. Formato da ABNT? Já decorei!

• Não importa o quanto você se esforce para estudar durante o dia, é de madrugada que o TCC rola solto.

giphy-2

Claro que sempre fico com uma aparência péssima no dia seguinte, mas o importante é que escrevi algumas linhas.

• Você está realmente feliz com o seu tema, e gosta de estudar sobre ele, mas às vezes o TCC acaba tomando alguns rumos inesperados que te fazem questionar a razão de ainda estar na faculdade.

giphy-6

O que é que eu tô fazendo da minha vida? Acho que vou largar tudo e vender miçangas na praia.

• Quando você nega os convites para sair no final de semana e seus amigos não entendem porque você está meio sumido.

giphy-5

Migo preciso terminar esse capítulo aqui, prometo que assim que eu me formar tudo volta ao normal. 

• Quando você está em um ritmo bom de produção e o seu orientador pede para você reformular alguns pontos importantes do trabalho.

giphy-8

Você tem noção o tempo que levou para escrever isso? Dias de vida que vão para o lixo!

• E apesar de sentir vontade de quebrar tudo e iniciar uma revolução, no fundo você sabe que seu orientador está certo. 

giphy-9

Aceita que dói menos. 

• No segundo semestre você não vê a hora de entregar logo o seu TCC e ganhar liberdade!

giphy-10

Adeus querido, já vou tarde! Olá vida, olá família, olá amigos, estou de volta!!!

• A melhor sensação do mundo é quando você apresenta o TCC e percebe que todo o esforço valeu à pena.

giphy-14

Tô todo(a) felizinho(a) com a minha cria!

• E apesar de todo o estresse, noites em claro e sofrimento você está muito feliz por saber que fez um ótimo trabalho.

giphy-13

Sensação de dever cumprindo é uma das melhores sensações do mundo. Que venha a formatura! 


Apesar de o TCC cobrar muito do seu tempo esperamos que você aproveite ao máximo esse último ano da faculdade. Dê o melhor de si, aproveite para tirar todas as dúvidas com o seu orientador e mantenha a calma. Já estamos quase no fim!

Colabores com causas sociais sem sair de casa. Seja um voluntário online!

startup-photos

Aqui no UNASP muito dos nossos alunos são bem engajados em causas missionários e de voluntariado. Ficamos muito felizes em ver tantos jovens dedicando suas férias, e tempo nos finais de semana para ajudar ao próximo em projetos sociais. Mas por outro lado também sabemos que há outros alunos que possuem a vontade de ser voluntário, mas que por falta de tempo e recursos acabam não conseguindo participar das missões e de outros projetos regionais. Mas isso não é problema! Se você está procurando uma causa social para agir, se tem vontade de melhorar a sociedade através de ações de ajuda ao próximo, saiba que você nem precisa ir muito longe para ser um agente de mudança! Na verdade, você pode ser um voluntário sem sair de casa! Hoje em dia é possível ser um voluntário online e ajudar várias ONGs pela internet.

Mas como?

Através do Voluntários Online! O VOL é um portal que disponibiliza vagas de voluntariado online em todo Brasil. Através de uma ferramenta que possibilita o encontro na internet entre pessoas dispostas a ajudar e Ongs que precisam de trabalho voluntário. Nesse ponto de encontro online o VOL funciona como um mediador entre as instituições e os voluntários. São diversos projetos apresentados e opções de trabalhos. Você pode, por exemplo, escrever um texto, prestar assessoria jurídica, montar um site, divulgar ações nas mídias sociais entre outras opções! Basta entrar no site e escolher uma das vagas de sua preferência para ser voluntário. Além disso, você pode ajudar fazendo parte das redes sociais do VOL, colaborando como infoativista ao divulgar em seus perfis informações sobre boas práticas e exercício da cidadania e voluntariado transformador. Qualquer pessoa interessada em atuar como voluntário e Ongs interessadas em anunciar oportunidades para voluntários pode participar. Toda ajuda é bem vinda.

Além do recurso de ser voluntário online há outras opções de ações no Portal Voluntários Online como; cadastrar novas iniciativas, enviar histórias inspiradoras de algum projeto que você fez parte e também participar de eventos e debates promovidos pelo Social Good Brasil.

Que tal experimentar? Conheça novas pessoas interessadas em melhorar a nossa sociedade, fique por dentro de tudo que está acontecendo no campo de voluntariado e se engaje em um novo projeto! Acesse o Voluntários Online e faça seu cadastro 😀

Pequenas atitudes que podem trazer grandes mudanças.

1

Eu vou perder peso.

Eu vou ser pontual.

Eu vou progredir no trabalho.

Eu vou me dedicar aos estudos.

Eu vou ser mais organizado.

Eu vou ser uma pessoa melhor.

Já parou para pensar em todas as metas que você se propôs a fazer? Quantas delas você conseguiu colocar em prática? Talvez algumas, mas com toda certeza em muitas delas você acabou fracassando. Não se fruste, acontece com todo mundo!

Por que é tão difícil ser fiel às nossas resoluções? Sempre começamos entusiasmados com as novas ideias e metas, mas com o tempo nossas resoluções vacilam e acabamos desistindo. Em seu livro “Pequenas Atitudes, Grandes Mudanças” a executiva de Wall Street, Caroline L. Arnold apresenta um bem-sucedido sistema de microrresoluções, que promete recompensas a longo prazo, resoluções reais que podem alterar a sua rotina e em última análise a nós mesmos.

Uma microrresolução é algo que você se compromete a fazer, e não a ser. Não se trata de um desejo, de uma filosofia ou um resultado; seu objetivo é modificar ou eliminar um comportamento e uma atitude específica. A ideia é focar-se em atividades que podem ser feitas de maneira mais rápida ao invés de gastar todas as suas energias em uma meta muito grande. Por exemplo, você quer perder peso, mas só em pensar em todas as atividades que precisa fazer, no regime, no esforço, você já cansa e desiste. Pode ser que você não conquiste seu objetivo final por ele parecer “inatingível”. Mas, ser por outro lado você passar a praticar atitudes específicas para conseguir alcançar seu objetivo? Foque em microrresoluções. Seja bem específico ao delinear as suas ações: o quê, quando e como. A resolução devem focar uma mudança de comportamento específica, e não as várias formas de se obter um resultado.

Por exemplo, você quer melhorar seu desempenho acadêmico. Crie uma lista de microrresoluções:

– Todas as segunda-feiras vou praticar exercícios durante uma hora

– Vou ouvir as aulas no meu celular durante o caminho para o trabalho

– Só vou assistir ao próximo episódio do seriado quando terminar de ler os textos recomendados pelo professor

Quanto mais explícita for a sua resolução, mais fácil será medir o sucesso, e identificar os obstáculos e ajustar suas metas visando a eficácia. Tudo é uma questão de hábito. É preciso propor-se a fazer essas microrresoluções e ser firme com cada uma delas.

Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um efeito, mas um hábito.  – Aristóteles

O melhor momento para tomar suas microrresoluções é hoje, e não “algum dia”. Ao contrário de todas aquelas resoluções que fazemos pensando no futuro a microrresolução foca no hoje. O que você pode fazer hoje para mudar, para melhorar e para alcançar seu objetivo? Essa é a grande diferença. Você não foca no futuro a longo prazo, mas no agora. A microrresolução te ajudar a alcançar seus objetivos maiores fazendo uma meta “pequena” por vez. É como um jogo, você só é recompensado depois de superar o desafio. Só que esse jogo é interno, você contra seus maus hábitos.

Que tal tentar? O que você gostaria de mudar na sua vida e quais são as microrresoluções que você pode optar para chegar ao seu objetivo?

Todo nós precisamos melhorar e progredir em nossas vidas, buscando sempre o melhor de nós e das oportunidades que surgem. Mudar seus hábitos é um bom começo.

Preste atenção em seus pensamentos: eles se tornam palavras.

Preste atenção em suas palavra: elas se tornam ações.

Preste atenção em suas ações: elas se tornam hábitos.

Preste atenção em seus hábitos: elas se tornam caráter.

Preste atenção em seu caráter: ele se torna seu destino

– Lao-Tsé

Acordar às 5 da manhã pode ser o segredo para o sucesso e produtividade

early-wake-up

Você já parou para pensar o quão poderoso pode ser o intervalo das 5 às 8 da manhã?

O que você está fazendo nesse período? Provavelmente dormindo. Poucas pessoas possuem o hábito de acordar às 5:00 da manhã por livre e espontânea vontade, mas saiba que é exatamente nesse horário que as pessoas mais bem sucedidas do mundo levantam. Pessoas como Tim Cook (CEO da Apple), Richard Branson (da Virgin), Robert Iger (da Disney) e Howard Schultz (do Starbucks).

Sabemos que não é convidativo, e muito menos fácil, acordar tão cedo. Mas os benefícios são muitos, e se colocarmos na balança e analisarmos o resultado,  é unanime: acortar às 5 da manhã pode ser a melhor prática a se adotar.

Quando você acorda cedo a sensação de estar atrasado é mínima. O dia começa mais desacelerado. Você pode aproveitar as primeiras horas da manhã para fazer atividades físicas, iniciar ou terminar algum projeto pessoal antes ir para o trabalho, e até quem sabe finalizar alguma atividade da faculdade ou pós.

Quando todo mundo estiver levantado para o trabalho você já estará preparado(a) para as próximas atividades, o que te dará uma vantagem grande.

Pare para pensar na sua rotina matinal. Você acordar sempre atrasado(a)? Não tem tempo para fazer o desjejum com calma ou para praticar exercícios físicos? Essa é a realidade da maioria de nós! É muito comum não sermos produtivos logo de manhã por causa do horário que levantamos. Acordar às 5 da manhã pode ser uma boa chance para você colocar algumas prioridades em ação.

Se você conseguir dedicar as primeiras horas do dia para seu crescimento pessoal, sua produtividade dará um salto enorme! Desligue o celular, não entre em redes sociais e não ligue a TV. Reserve esse tempo para fazer coisas que te dão prazer.

Um estudo publicado na NCBI – National Center for Biotechnology Information – mostrou que pessoas com hábitos noturnos são três vezes mais propensas a ter depressão comparadas àquelas com hábitos diurnos. De acordo com a pesquisa quem dorme e acorda tarde tende a ter mais pensamentos negativos e preocupações. Segundo esse estudo isso gera uma baixa na auto confiança e a pessoa vai dormir sem a sensação de dever comprido, sem o sentimento de satisfação, o que abala a sensação de felicidade.

Os estudos mostraram que quem acorda cedo consegue potencializar seu desempenho ao longo dia, o que gera mais satisfação na hora de dormir, mais motivação para fazer o mesmo no dia seguinte e mais felicidade de modo geral.

Richard Branson, o fundador do grupo Virgin e um dos maiores empresários do mundo disse: “Nós não acordamos às 5am porque temos muito trabalho para fazer, ou porque queremos falar para as pessoas quão ‘hard-working’ nós somos (…) é sobre fazer tudo dando o seu máximo para o seu negócio ser bem sucedido; e se isso significa que você tem que acordar num horário incomum para a maioria, então é provável que você comece a gostar do nascer do sol”.

 Acordar cedo é a ter vontade de viver e aproveitar ao máximo do seu dia.  

Acordar às 5 da manhã não é exagero ou tipo de radicalismo, é apenas uma nova maneira de encarar sua rotina. Significa aproveitar melhor as horas do seu dia para crescer no trabalho, nos estudos, nos projetos pessoais, e principalmente, crescer internamente.

Por isso, é uma boa ideia pelo menos tentar acordar mais cedo todos os dias.

Sabemos que as rotinas e as realidades são diferentes. Nem sempre é possível acordar tão cedo, seja por causa do trabalho ou estudos, que vão até tarde da noite o que torna tudo ainda mais estressante. Não faz sentido nenhum ir dormir à 01:00 e esperar acordar mais cedo.

Portanto avalie a sua vida e rotina antes de encarar o desafio! E se a ideia despertou seu interesse baixe o App Five Club, ele pode te ajudar a colocar essa meta em prática.

 

Fontes: Tudo pela Arte e Zamparoni

 

Gripe H1N1- Como diagnosticar, prevenir e tratar?

A gripe H1N1 é uma doença causada por uma mutação do vírus da gripe. Também conhecida como gripe Influenza tipo A ou gripe suína. Existem 3 tipos de vírus influenza: A, B e C. O vírus influenza C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias.

O vírus se disseminou pelo mundo em 2009, causando uma pandemia mundial – até o ano seguinte, 19 mil pessoas morreram segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). Nesse ano de 2016 já foram confirmadas pelo Ministério da Saúde, até o dia 9 de abril, 153 mortes por H1N1 em todo o país. Por ser uma doença que dissemina principalmente no inverno a Gripe H1N1 chegou cedo aqui no país. Por isso, é muito importante tomar certos cuidados desde agora.

H1N1-01

Quais são as causas e tipo de transmissões?

A transmissão ocorre da mesma forma que a gripe comum. Após ser infectada pelo vírus uma pessoa pode demorar de um a quatro dias para apresentar os sintomas da doença. E pode demorar de um a sete dias para transmiti-lo a outras pessoas.

H1N1-02

Para confirmar a doença é necessário um diagnóstico médico, mas os principais sintomas são muito parecidos com a gripe comum, como: febre, tosse, dor de garganta, calafrios e dores pelo corpo.

Dor local: músculos
No aparelho gastrointestinal: diarreia, náusea ou vômito No corpo: febre, calafrios ou fadiga
No nariz: congestão, nariz escorrendo ou espirros e falta de ar.

H1N1 SINTOMAS-04

Para prevenir o contágio a gripe H1N1 segue as mesmas diretrizes da prevenção de qualquer tipo de gripe, só que o cuidado deve ser redobrado:

– Evite manter contato muito próximo com uma pessoa que esteja infectada

– Lave sempre as mãos com água e sabão e evite levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca

– Leve sempre um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas

– Mantenha hábitos saudáveis. Alimente-se bem e coma bastante verduras e frutas. Beba bastante água

– Não compartilhe utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros

– Se achar necessário, utilize uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar

– Evite frequentar locais fechados ou com muitas pessoas

– Verifique com um médico se há necessidade de tomar a vacina que já está disponível contra a gripe H1N1.

H1N1-05

A maioria dos casos de gripe H1N1 foram sanados completamente sem a necessidade de internação hospitalar ou do uso de antivirais. Em alguns casos, no entanto, o uso de medicamentos e a observação clínica são necessários para garantir a recuperação do paciente.

H1N1-06

O Ministério da Saúde considera fatores de risco para complicação, com indicação de tratamento, tais casos como:

– Grávidas em qualquer idade gestacional;

– Puérperas até duas semanas após o parto (incluindo as que tiveram aborto ou perda fetal);

– Adultos com mais de 60 anos;

– Crianças com menos de 2 anos;

– População indígena;

– Pneumopatias (incluindo asma); Cardiovasculopatias (excluindo hipertensão arterial sistêmica); Nefropatias; Hepatopatias;

– Doenças hematológicas (incluindo anemia falciforme);

– Distúrbios metabólicos (incluindo diabetes mellitus descompensado);

– Transtornos neurológicos que podem comprometer a função respiratória ou aumentar o risco de aspiração (disfunção cognitiva, lesões medulares, epilepsia, paralisia cerebral, Síndrome de Down, atraso de desenvolvimento, AVC ou doenças neuromusculares);

– Imunossupressão (incluindo medicamentosa ou pelo vírus da imunodeficiência humana);

– Obesidade;

– Indivíduos menores de 19 anos de idade em uso prolongado com ácido acetilsalicílico (risco de Síndrome de Reye).

H1N1-07

Orientações

– Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem:

– Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas);

– Restringir ambiente de trabalho para evitar disseminação;

– Evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados;

– Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;

Fonte: Portal da Saúde