Arquitetura: Projetos de telhados verdes para você se inspirar.

O telhado verde é uma técnica que tem sido uma tendência quando o assunto é arquitetura sustentável. Basicamente a técnica tem como objetivo principal plantar árvores, folhagens, gramas e outras plantas nas coberturas de residências, edifícios e até indústrias. Os telhados verdes garantem isolamento térmico e acústico aos ambientes internos, além de atribuir novas funções como um espaço de lazer, descanso e jardinagem. Os impactos positivos para o meio ambiente também são um ponto a ressaltar nesse tipo de projeto.

Para inspirar os futuros arquitetos do Unasp separamos alguns ambientes inspiradores que escolheram o telhado verde como opção.

Confira!

1- Seascape Retreat

Andrew Patterson é o arquiteto neozelandês responsável pelo projeto da Seascape Retreat. O local escolhido para a construção, que é uma espécie de hotel, é a Península de Banks, nascida de restos de erupções vulcânicas e localizada em uma ilha no Sul da Nova Zelândia. Conta com três quartos, uma sala de estar, um hall de entrada e um banheiro. O telhado verde destaca a inserção do refúgio com a natureza. A vegetação da montanha cobre o telhado de maneira contínua, dando a sensação de união e continuidade.

seascape-retreat568

seascape-retreat555

2- Edifício Casa América

O número 279 da Avenida América, um local tranquilo e arborizado na cidade de Porto Alegre/RS, foi escolhido pelos arquitetos Daniel Billig, Guilherme Nogueira, Maurício Rissinger e Tiago Fritzen, para abrigar um edifício residencial enxuto e contemporâneo, com seis apartamentos distribuídos em 748 m2 de área construída. No último pavimento, foi projetado um espaço de lazer e descanso. O terraço vegetado possui tecnologia que dispensa rega diária e maiores manutenções, graças à contínua presença de água e nutrientes em sua base.

casa-america4960

casa-america4958

3- Casa MM 

A Casa MM é pautada pela questão climática. Todos os ambientes têm ventilação priorizada por meio de portas camarão de madeira – brises-soleil que podem ser inteiramente abertos e filtram a entrada de luz natural para o interior da residência.  O teto verde também funciona como isolante térmico, pois ameniza a incidência do sol acentuada pela por outros materiais utilizados na construção como a madeira nas laterais e o concreto nas extremidades. O projeto é do arquiteto Marcio Kogan.

casa-mm2247

casa-mm2557

4- Casa RD

Com um desenho minimalista e discreto, a Casa RD privilegia a funcionalidade e sobriedade. Localizada em Brasília (DF), a residência preza por características como charme e conforto. O projeto é assinado pelos arquitetos arquitetos Filipe Monte Serrat e Manuela Dantas, em parceria com Camilo de Lannoy.

casa-rd3251

casa-rd2936

5- Casa HLM

A construção projetada pelo escritório Bá fica a 30km da cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Hoje a casa é uma residência no campo, enxuta, minimalista e dinâmica. O telhado verde dá mais sustentabilidade ao projeto. Feito com 18 cm de água constante abaixo da grama para não precisar regar com regularidade.

casa-hlm241

casa-hlm3032

6- Casa 63

A Casa 63, localizada em São José dos Campos, interior de São Paulo, foi idealizada pelo escritório paulista Sonne Müller Arquitetos. Feita em estrutura metálica, a residência está dividida em seis módulos e em dois pavimentos. O lote que comporta o programa da casa tem, ao todo, 470m². O telhado verde é um espaço reservado também para uma horta.

casa-631030

casa-631132

7- Condomínio Baleia

A permeabilidade contígua entre interior e exterior e a fusão privilegiada com a paradisíaca praia da Baleia, na cidade de São Sebastião, São Paulo, não restringem a privacidade desejada em cada unidade. O terreno desalinhado orienta a implantação das casas, suavemente separadas pelos jardins verticais nos muros cegos. Projeto feito pelo arquiteto Raphael França.

condominio-baleia5512

condominio-baleia2746

fonte: Galeria da Arquitetura