Curso de Jornalismo do Unasp planeja ampliar projeto apresentado na ONU

O projeto de extensão “Jornal Jardim Carolina – Uma Experiência Comunitária e Cidadã” foi escolhido em 2014 entre os 30 projetos sociais mais relevantes no mundo para ser apresentado no Social Innovation and Global Ethics Forum (SIGEF 2014), na sede da ONU em Genebra. O projeto é uma iniciativa da Agência Brasileira de Jornalismo (ABJ), ligada ao curso de Jornalismo do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho. Para 2015 o plano é ampliar o projeto, incluindo a participação de mais cursos da instituição.

“Há planos de envolver os cursos de Arquitetura, Música e Engenharia para a realização de oficinas voltadas para jovens e/ou idosos em temas como iniciação musical, planejamento e reformas de residências e oficio de pedreiros. O objetivo é qualificar os moradores locais”, revela Luis Fernando Assunção, coordenador do projeto e professor do curso de Jornalismo. Luis ainda conta que serão mantidos eventos já realizados anteriormente, como a conscientização da população em relação a prevenção da saúde e qualidade de vida, oficinas de fotografia, texto jornalístico e vídeo documentário.

O Jornal do Bairro Jardim Carolina é feito em conjunto com movimentos populares do bairro, entre eles a associação de moradores. “É mais um reconhecimento ao trabalho sério desenvolvido por nossos estudantes e professores de Jornalismo”, comemora Luis.

Luis Fernando Assunção, professor do curso de Jornalismo do Unasp e coordenador do projeto Jardim Carolina.

Luis Fernando Assunção, professor do curso de Jornalismo do Unasp e coordenador do projeto Jardim Carolina.

O projeto Jardim Carolina existe há alguns anos e consiste na publicação de um jornal impresso mensal de 12 páginas onde são divulgadas reportagens que mostram o dia a dia da comunidade, um bairro da periferia da cidade de Artur Nogueira, interior de São Paulo.

O coordenador do curso de Jornalismo do Unasp frisa que o projeto é importante tanto para o curso quanto para a própria instituição e comunidades envolvidas. “O projeto do Jornal Jardim Carolina recebe status especial por que se torna mais um veículo de estágio para os alunos. Não obstante sua natureza social, o jornal posiciona o Bacharelado em Jornalismo colaborando para o desenvolvimento das cidades circunvizinhas ao Unasp”, diz Ruben Holdorf.

O Jardim Carolina está inserido no projeto pedagógico do curso de Jornalismo. “Além de reforçar os vínculos identitários com a comunidade, o jornal comunitário valoriza a interdisciplinaridade, que tem sido uma realidade e um desafio no ensino superior caracterizando uma nova abordagem científica, cultural e epistemológica”, explica o coordenador do projeto. O trabalho na comunidade pretende representar uma visão inovadora da ciência e da tecnologia, superando os posicionamentos e as estruturas tradicionais, que agrega valor e qualidade à pessoa e ao trabalho ou função por ela realizada, deixando claro a vinculação existente entre interdisciplinaridade e inovação.

Entre os resultados concretos do projeto, desde a sua criação, destaca-se especialmente a valorização do bairro e das pessoas pelo segmento social de Artur Nogueira. O bairro era frequentemente mostrado em sites de notícias e jornais quando acontecia algum crime, alguma prisão ou relação com o tráfico de drogas na cidade. A partir da concepção do jornal comunitário, aos poucos foram constatadas mudanças não apenas no olhar da mídia em relação ao bairro mas na própria autoestima dos moradores. “A mídia percebeu que a comunidade estava organizada, que mantinha projetos importantes e que, afinal, era parte importante no desenvolvimento da cidade”, conclui Luis Fernando Assunção.

Umas edições do Jornal do Bairro Jardim Carolina.

Uma das edições do Jornal do Bairro Jardim Carolina.

Na ONU o projeto foi apresentado em plenário para participantes de vários países e também divulgado em um estande reservado para cada um dos projetos selecionados. Foram realizados muitos contatos para possível financiamento do projeto e parcerias com entidades estrangeiras.

Além do reconhecimento das Nações Unidas, o projeto também foi divulgado no fórum Global de Direitos Humanos, em novembro de 2014 novamente na cidade de Genebra.

Para saber um pouco mais sobre o projeto, acesse: https://www.sigef2014.com/portfolio-item/jornal-jardim-carolina/