É Natal!

O dia 25 de dezembro é supostamente o dia do nascimento de Jesus Cristo, e sua observância tem-se tornado costumeira e popular. Entretanto a história não nos dá certeza absoluta que esse seja o verdadeiro dia do nascimento de nosso Salvador.

jesusPara prevenir a idolatria Deus  ocultou o dia preciso do nascimento de Cristo, para que o dia não recebesse a honra que devia ser dada a Cristo como Redentor do mundo – Aquele que devemos  crer e confiar como Aquele que pode salvar perfeitamente.

Mas, sendo 25 de dezembro o dia que nós comemoramos o nascimento de Cristo, e isso vem sido passado desde criança , devemos usa-lo para um bom propósito. Não devemos deixar que o Natal busque a exaltar nossos próprio prazeres, e diversões que não nos acrescentarão em nada. Devemos voltar nossa mente e nosso corpo para causas que nos levem mais próximos de Cristo e os seus ensinamentos.

O ato de trocar presentes deve ser feito com o objetivo de resultar bênçãos para o nosso próximo, pois foi assim que Jesus ensinou: ” ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo'” [Mateus 22: 37-39].

Se você quiser, pode conferir sobre o Natal no livro O Lar Adventista de Ellen White, no capítulo Natal. Nele ela fala sobre as comemorações natalinas e sobre o verdadeiro significado. Resumimos assim:

1. Não existe base bíblica para comemorá-lo;

2. Sua observância é popular e não bíblica;

3. Não há base histórica;

4. Foi cristianizado por Roma;

5. Mesmo assim (não tendo base bíblica ou histórica) o dia NÃO DEVE ser passado por alto, mas é uma ocasião para honrar a Deus.

Algumas curiosidades sobre os símbolos natalinos:

O peru, ave criada pelos índios do México, foi servido pela primeira vez, como prato principal, em uma ceia no dia de Ação de Graças, no estado americano de Massachusetts, no ano de 1621, em seguida passou ser usado como prato principal também do Natal.Peru_de_natal_-_reproducao

As velas são utilizadas para enfeitar a mesa da ceia, trazendo luminosidade que renova nossas vidas, como sendo a própria luz de Jesus.natalrustico2

O presépio é a representação do momento do nascimento de Jesus que, segundo a história, foi uma criação de São Francisco de Assis, através de uma apresentação teatral.1280x1024_elka-ogni-rozhdestvo-boke-prazdnik-figurki

As bolas natalinas surgiram para substituir os enfeites mais antigos das árvores, como maçãs e pedras, que eram amarradas nos pinheiros.christmas-colorful-colors-glitter-pink-Favim.com-125732

As estrelas possuem um brilho natural e com elas ganhamos proteção de Deus. Trazem felicidade e a maior delas, colocada na parte mais alta da árvore, representa o próprio menino Jesus.estrela-dourada-natal-wallpaper-17130

Os presentes se tornaram uma tradição do natal, pois os três reis magos levaram incenso, ouro e mirra para serem oferecidos ao rei dos reis, logo após o seu nascimento.presentes-de-natal-6

O papai Noel é uma homenagem ao bispo católico do século IV, São Nicolau, que levava presentes para as crianças mais pobres.noel

Nos países onde no inverno neva, costuma-se fazer bonecos de neve. Eles não têm um significado, mas são tradicionais por representarem uma forma de distração para as crianças.56154326573287531_5hwlxvx1_c_large_thumb

Assista o vídeo com uma mensagem que preparamos para vocês sobre o verdadeiro significado do Natal:

Que todos tenham um FELIZ NATAL!

 

Fontes: Cacp, Mundo Educação, O Lar Adventista