Pequenas atitudes que podem trazer grandes mudanças.

1

Eu vou perder peso.

Eu vou ser pontual.

Eu vou progredir no trabalho.

Eu vou me dedicar aos estudos.

Eu vou ser mais organizado.

Eu vou ser uma pessoa melhor.

Já parou para pensar em todas as metas que você se propôs a fazer? Quantas delas você conseguiu colocar em prática? Talvez algumas, mas com toda certeza em muitas delas você acabou fracassando. Não se fruste, acontece com todo mundo!

Por que é tão difícil ser fiel às nossas resoluções? Sempre começamos entusiasmados com as novas ideias e metas, mas com o tempo nossas resoluções vacilam e acabamos desistindo. Em seu livro “Pequenas Atitudes, Grandes Mudanças” a executiva de Wall Street, Caroline L. Arnold apresenta um bem-sucedido sistema de microrresoluções, que promete recompensas a longo prazo, resoluções reais que podem alterar a sua rotina e em última análise a nós mesmos.

Uma microrresolução é algo que você se compromete a fazer, e não a ser. Não se trata de um desejo, de uma filosofia ou um resultado; seu objetivo é modificar ou eliminar um comportamento e uma atitude específica. A ideia é focar-se em atividades que podem ser feitas de maneira mais rápida ao invés de gastar todas as suas energias em uma meta muito grande. Por exemplo, você quer perder peso, mas só em pensar em todas as atividades que precisa fazer, no regime, no esforço, você já cansa e desiste. Pode ser que você não conquiste seu objetivo final por ele parecer “inatingível”. Mas, ser por outro lado você passar a praticar atitudes específicas para conseguir alcançar seu objetivo? Foque em microrresoluções. Seja bem específico ao delinear as suas ações: o quê, quando e como. A resolução devem focar uma mudança de comportamento específica, e não as várias formas de se obter um resultado.

Por exemplo, você quer melhorar seu desempenho acadêmico. Crie uma lista de microrresoluções:

– Todas as segunda-feiras vou praticar exercícios durante uma hora

– Vou ouvir as aulas no meu celular durante o caminho para o trabalho

– Só vou assistir ao próximo episódio do seriado quando terminar de ler os textos recomendados pelo professor

Quanto mais explícita for a sua resolução, mais fácil será medir o sucesso, e identificar os obstáculos e ajustar suas metas visando a eficácia. Tudo é uma questão de hábito. É preciso propor-se a fazer essas microrresoluções e ser firme com cada uma delas.

Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um efeito, mas um hábito.  – Aristóteles

O melhor momento para tomar suas microrresoluções é hoje, e não “algum dia”. Ao contrário de todas aquelas resoluções que fazemos pensando no futuro a microrresolução foca no hoje. O que você pode fazer hoje para mudar, para melhorar e para alcançar seu objetivo? Essa é a grande diferença. Você não foca no futuro a longo prazo, mas no agora. A microrresolução te ajudar a alcançar seus objetivos maiores fazendo uma meta “pequena” por vez. É como um jogo, você só é recompensado depois de superar o desafio. Só que esse jogo é interno, você contra seus maus hábitos.

Que tal tentar? O que você gostaria de mudar na sua vida e quais são as microrresoluções que você pode optar para chegar ao seu objetivo?

Todo nós precisamos melhorar e progredir em nossas vidas, buscando sempre o melhor de nós e das oportunidades que surgem. Mudar seus hábitos é um bom começo.

Preste atenção em seus pensamentos: eles se tornam palavras.

Preste atenção em suas palavra: elas se tornam ações.

Preste atenção em suas ações: elas se tornam hábitos.

Preste atenção em seus hábitos: elas se tornam caráter.

Preste atenção em seu caráter: ele se torna seu destino

– Lao-Tsé